Notícias /

Sesab realiza webpalestra sobre a Atenção à Saúde Bucal na estratégia saúde da família

01/08/2016 18:50

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), através da Diretoria de Gestão do Cuidado (DGC), realiza nesta quarta-feira (3), às 14h30, uma Webpalestra sobre “Atenção à Saúde Bucal na Estratégia Saúde da Família: Formas de Atuação e Desafios”, ministrada pela professora e doutora Sônia Chaves.

A webpalestra é voltada para os profissionais de saúde e demais interessados. Ressalta-se que a sala estará aberta, para ajustes, a partir das 14 horas, através do link: www.telessaude.ba.gov.br/participe.

A Estratégia Saúde da Família (ESF) é a estratégia nacional prioritária para reorganização da atenção básica, importante tanto na mudança do processo de trabalho quanto na precisão do diagnóstico situacional, alcançada por meio da adscrição de clientela e aproximação da realidade sócio-cultural da população e da postura pró-ativa desenvolvida pela equipe.

A Saúde da Família é organizada a partir de uma equipe multiprofissional cujo campo disciplinar de atuação é o território-família-comunidade, onde cada um dos profissionais de saúde desenvolve ações de saúde ora comuns (como as ações de planejamento, busca ativa, etc.), ora devendo ser preservadas as especificidades de seus núcleos de atuação e competência. Construir a interdisciplinaridade é um desafio posto às Equipes Saúde da Família no processo de trabalho em equipe.

Neste contexto, fica claro que a Saúde Bucal, sendo um componente indissociável da saúde geral, não poderá ser alcançada de maneira isolada, sem a identificação, compreensão e enfrentamento dos determinantes do processo saúde‐doença. É fazendo uma análise dessa condição integral para a produção do cuidado em saúde, que a inserção de profissionais de saúde bucal, assim como a de outras categorias, nas equipes da ESF, torna‐se necessária.

Deste modo, a ESF vem contribuindo para a ampliação da inserção da Saúde Bucal na Atenção Básica, contudo, o estabelecimento da mudança do modelo de atenção, proposto por esta estratégia, requer a efetiva mudança no processo de trabalho das equipes e na formação dos profissionais de saúde.

Fonte: DGC
/saúde bucal/webpalestra

Notícias relacionadas