Notícias /

Chegada de novos médicos fecha ciclo de provimento do Programa Mais Médicos

17/08/2016 11:37

Na última quinta-feira, 11, chegaram à Bahia cerca de 30 médicos brasileiros formados no exterior para compor quadro do Programa Mais Médicos. A chegada destes profissionais fecha o 10º Ciclo, encerrando as etapas de provimento de médicos para os municípios brasileiros. Neste ciclo, foram em média 350 médicos convocados para todo Brasil e todos já receberam o Registro do Ministério da Saúde ( RMS), e estão aptos a iniciarem as atividades desde segunda-feira, 15 de agosto.

Na Bahia, os municípios Camaçari, Alcobaça, Gandú, Barreiras, Nazaré, Ubaitaba, Alagoinhas, Conceição do Jacuipe, Bom Jesus da Lapa, Amargosa, Senhor do Bonfim, Barra do Choça, Planalto, Inhambupe, Itabuna, Piatã, Itaberaba, Santa Brígida, Ibirapitanga, Santana e Salvador receberam os profissionais.

Relembre os três eixos do Programa Mais Médicos

1º Eixo – Provimento Emergencial

Os resultados alcançados pelo o Programa Mais Médicos, bem como sua aprovação pela população usuária do SUS, já comprovam o sucesso dessa ampla e inovadora iniciativa. Isso já seria suficiente para atestar que a dimensão mais imediata do projeto – a de provimento emergencial de profissionais – vem sendo atingida com sucesso. Atualmente, o Programa Mais Médicos conta com um total 18.240 vagas em 4.058 municípios de todo o país, cobrindo 73% das cidades brasileiras e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs). Com a expansão do programa em 2015, o governo federal garante assistência para aproximadamente 63 milhões de pessoas.

2º Eixo – Educação

O programa vem fazendo uma profunda reestruturação na formação médica do país. É por esse eixo que será possível fazer frente, em caráter permanente, ao problema da falta de profissionais, solucionando-o de maneira definitiva. Assim, integram o Programa um plano de expansão da graduação e da residência médica e importantes mudanças no modo de formar médicos e também especialistas. A meta do Governo Federal é criar 11,5 mil novas vagas de graduação e 12,4 mil vagas de residência até 2017. Destas, já foram autorizadas mais de 5 mil vagas de graduação e quase 5 mil de residência.

3º Eixo – Infraestrutura

O Mais Médicos também está melhorando a infraestrutura da Atenção Básica no país, por meio da construção de novas unidades básicas de saúde e reforma e ampliação das unidades já existentes. São investidos mais de R$ 5 bilhões para o financiamento de 26 mil obras em quase 5 mil municípios, das quais aproximadamente 10,5 mil já estão prontas e outras 10 mil encontram-se em fase de execução.Todos esses esforços estão sendo empreendidos de forma a garantir a estrutura necessária para que os médicos do SUS atendam a população com o máximo de qualidade e motivação.

Fonte: DAB/Sesab

Notícias relacionadas