Notícias /

Fisioterapeuta do Roberto Santos lança versão de Diretriz para a Doença de Parkinson

25/08/2016 18:58

Será lançada, durante o XXVII Congresso Brasileiro de Neurologia, a Versão em Português da Diretriz Europeia de Fisioterapia para a Doença de Parkinson. O evento – que vai ser realizado de 27 a 31 de agosto, em Belo Horizonte (MG) – contará com a participação de uma das autoras do trabalho, a fisioterapeuta Lorena Almeida, e o neurologista Guilherme Valença, ambos responsáveis pelo Ambulatório de Transtornos do Movimento e Doença de Parkinson do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS).

Além da diretriz, Lorena apresentará, em Minas Gerais, estudo sobre fatores de risco de quedas recorrentes em pessoas com Parkinson. Já Guilherme conduzirá palestra sobre o tratamento clínico da doença.

Em setembro, os trabalhos científicos da fisioterapeuta também serão apresentados no 4º Congresso Brasileiro de Fisioterapia Neurofuncional. No encontro, que acontece do dia 7 ao dia 9, em Recife (PE), Lorena, ainda, ministrará palestra sobre a Diretriz de Fisioterapia para a Doença de Parkinson, com foco em como integrar a evidência científica à prática clínica.

Em recente visita à Alemanha, Lorena Almeida exibiu quatro trabalhos científicos no 20th International Congress of Parkinson’s Disease and Movement Disorders. O evento, em Berlim, atraiu 5.500 participantes de 86 países. “Pude conferir um grande número de estudos na área de reabilitação e a crescente evidência científica da eficácia da fisioterapia no tratamento da doença de Parkinson”, destaca ela.

“Para discutir estratégias de implementação da versão em português da diretriz no Brasil, nos reunimos – eu e as outras autoras, Tamine Capato e Josefa Domingos – com a líder do projeto da Diretriz Europeia, fisioterapeuta Samyra Keus, e a presidente da Associação Europeia de Fisioterapeutas na Doença de Parkinson (APPDE), fisioterapeuta Mariella Graziano”, lembra Lorena. A versão pode ser obtida gratuitamente pelo link www.parkinsonnet.info/guidelines/european-guidelines-in-portuguese.

A profissional aproveitou a viagem à Europa para visitar as unidades do Campus Neurólogico Sénior, em Portugal, um centro especializado em reabilitação para transtornos do movimento: “durante uma semana, acompanhei o trabalho da fisioterapeuta Josefa Domingos, que também é especialista em Parkinson. Discutimos sobre a prescrição de diversos tipos de exercícios para indivíduos com a doença, barreiras encontradas pelos pacientes para se exercitar e estratégias adotadas para melhorar a adesão a um programa de reabilitação. Também foram fortalecidas parcerias para futuras pesquisas na área”.

Ambulatório de Transtornos do Movimento e Doença de Parkinson do HGRS

Coordenado pelo neurologista Guilherme Valença e pela fisioterapeuta Lorena Almeida, o ambulatório funciona duas vezes por semana (tardes de segundas-feiras e manhãs de quintas). Os principais problemas acompanhados pela equipe são doença de Parkinson, outros tipos de parkinsonismo, distonias e coreias.

A marcação de consultas é realizada de segunda a sexta, na recepção do prédio anexo ao Hospital Geral Roberto Santos. Para tanto, é necessária requisição para atendimento com neurologista e/ou fisioterapeuta, com o motivo de encaminhamento.

Ascom HGRS
/hgrs/diretriz para doença de Parkinson

Notícias relacionadas