Notícias /

Sesab promove a I Oficina para a Construção da Política Estadual de Práticas Integrativas e Complementares no SUS

28/09/2016 12:18

Com o objetivo de levantar os subsídios para a elaboração da proposta de construir uma política de práticas integrativas e complementares na Bahia, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab),através da Diretoria de Gestão do Cuidado (DGC), promove amanhã (29), na Biblioteca Macedo Costa, Campus Ondina da Ufba, das 8 às 17h, a I Oficina de Construção da Política Estadual de Práticas Integrativas e Complementares no SUS.

A oficina tem como objetivo levantar os subsídios para elaboração da proposta desta política para o Estado da Bahia, em consonância com a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) no SUS, traçada pelo Ministério da Saúde.

A Política Estadual de Práticas Integrativas e Complementares (PEPIC-BA) tem o propósito de contribuir para a resolubilidade do sistema e com a ampliação do acesso a essas práticas nos municípios baianos, no âmbito do SUS. Serão traçadas diretrizes e ações, com vista à inserção de serviços e produtos relacionados à medicina tradicional chinesa/acupuntura, homeopatia, plantas medicinais e fitoterapia, termalismo social e medicina antroposófica, devendo também, valorizar outras práticas integrativas de cuidado em seus aspectos culturais e religiosos, no contexto regional.

Nesse primeiro momento, o encontro contará com os grupos de trabalho de profissionais de saúde envolvidos com as práticas integrativas e complementares em suas diversas modalidades e a Comissão Interinstitucional de Implementação da Política Estadual de Práticas Integrativas e Complementares no SUS, designada pela Portaria SES n.521/2016, sob a coordenação da Diretoria de Gestão do Cuidado/Superintendência de Atenção Integral à Saúde, através da Área Técnica de PICS/Coordenação de Políticas Transversais.

Fonte: DGC
/geral/práticas integrativas

Notícias relacionadas