Notícias /

Ato de amor: Hospital Dantas Bião realiza mais uma captação de órgãos

05/10/2016 15:06

A equipe do Hospital Regional Dantas Bião, em Alagoinhas, registrou nesta terça-feira, 04, mais uma captação de órgãos. O gesto de amor da família da doadora de 42 anos, L..A. S. beneficiará algum paciente que espera na fila por um transplante.

A doadora teve o diagnóstico com morte encefálica confirmada e, após realização de todos os testes comprobatórios determinados pela legislação brasileira, e seguidos os requisitos do processo que incluem a concordância da família do doador, aconteceu a captação das córneas.

A técnica de enfermagem da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (CIHDOTT) do HRDB, Priscila Salomão, destacou que o esposo da doadora, quando soube do diagnóstico de morte, conversou com a equipe e autorizou. “O contato e a conversa com os familiares é essencial para que a autorização seja dada e assim realizada a captação; sabemos que é um momento de dor, respeitamos e buscamos dar o máximo de orientação à família”, informou a técnica.

Importante destacar que o paciente com diagnóstico de morte encefálica internado em hospital é um doador em potencial e, após essa confirmação, o contato e o diálogo com a família é decisiva. Quando acontece a morte encefálica, a família é informada da possibilidade de doação dos órgãos, onde são sanadas todas as dúvidas e detalhado o processo de captação. Após a família concordar, é realizada uma série de exames para confirmar o diagnóstico.

De acordo com dados da Coordenação do Sistema Estadual de Transplantes (Coset), da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), o número de pessoas que resistem a autorizar o transplante de órgãos de parentes, na Bahia, ainda é muito alto. De cada 10 famílias baianas, apenas três autorizam o procedimento após o falecimento do parente, enquanto a fila de quem depende deste procedimento tem crescido nos últimos anos.

Fonte: Ascom Dantas Bião

Notícias relacionadas