Notícias /

Creasi recebe prêmio do Ministério da Saúde

22/12/2016 15:23

O Centro de Referência Estadual de Atenção à Saúde do Idoso (Creasi) recebeu Certificado de Reconhecimento de Experiência Exitosa, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), no Seminário Nacional do IV Mapeamento de Experiências Exitosas de Gestão Pública no campo do Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa e do I Mapeamento de Experiências de Excelência no Cuidado à Pessoa Idosa no Contexto Domiciliar, que aconteceu nos dias 13 e 14, em Brasília.

O Creasi foi selecionado pela experiência do Núcleo de Atenção Gerontológica (NAG), considerando o alinhamento com princípios e diretrizes do SUS, com a Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa e as diretrizes para a organização da Rede de Atenção à Saúde, o caráter inovador, a reprodutibilidade em outras realidades e a relevância dos resultados.

O NAG é um espaço coletivo de ações terapêuticas, que amplia o escopo de atuação no cuidado à pessoa idosa, trazendo a multidimensionalidade desse fenômeno mais à tona, no contexto da atenção ambulatorial especializada em Geriatria e Gerontologia, através atividades terapêuticas individuais ou em grupo, com olhar ampliado sobre as questões do envelhecimento e dos riscos e disponibiliza uma atenção diferenciada ao cuidador, favorecendo o fortalecimento do mesmo e permitindo, assim, que este seja implicado no processo de saúde do idoso.

Para Janine Soub, psicóloga do Creasi, que participou do evento, foi uma grande oportunidade de compartilhar a experiência do Creasi em âmbito nacional. “O modelo de atenção da Unidade está alinhado com as mais recentes diretrizes clínicas do SUS e das evidências trazidas por experts da Organização Pan-Americana de Saúde e a Organização Mundial de Saúde (OMS)”, ressaltou, salientando que “o seminário foi bastante proveitoso para trocas de saberes e práticas entre os profissionais de todos os níveis de atenção da rede SUS, fortalecendo e respaldando os exemplos exitosos trazidos para possíveis replicabilidades nas três esferas de gestão: municipal, estadual e federal, qualificando a atenção à saúde da pessoa idosa”.

O Mapeamento de Experiências Exitosas de Gestão Pública no campo do Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa teve 180 experiências avaliadas por um comitê composto por gestores, pesquisadores e controle social, que selecionaram 14 experiências. O Creasi ficou entre as três experiências estaduais premiadas.

Mônica Hupsel Frank, diretora do Creasi, considera o prêmio um reconhecimento pela construção de um atendimento que possibilita um acompanhamento multidisciplinar a idosos que necessitam de uma atenção mais especializada. “Desenvolvemos um modelo de atenção com foco na funcionalidade. O idoso é avaliado por uma mini equipe composta por assistentes sociais, enfermeiras, fisioterapeutas e geriatras e tem à sua disposição uma estrutura de atenção farmacêutica, ambulatórios de apoio com serviços de fisioterapia, nutrição, reumatologia, ortopedia, psiquiatria, neurologia e o NAG, com psicólogas, terapeutas ocupacionais, enfermeiras e assistentes sociais. Essa estrutura possibilita um cuidado integral e a qualificação da rede de atenção básica, através do apoio matricial disponibilizando cursos, treinamentos, sessões científicas, sessões temáticas e discussões de casos clínicos. O Creasi oferece o seu melhor e o prêmio fortalece o trabalho desenvolvido pela unidade”, conclui a diretora.

/idoso/prêmio
Fonte: Creasi

Notícias relacionadas