Notícias /

Diabético precisa ficar atento aos cuidados para viajar com segurança

19/01/2017 17:39

Verão é tempo de mais festas, férias e viagens que levam à mudança de rotina. Os pacientes diabéticos devem ter atenção com os cuidados, para que possam aproveitar os bons momentos sem complicações. Com informações do Manual “Diabetes – O que fazer em situações Especiais, do Dr. Walter J. Minicucci endocrinologista, e médico assistente da Disciplina de Endocrinologia e Metabolismo da Unicamp (São Paulo), o Centro de Diabetes e Endocrinologia da Bahia (Diabetes) inicia a divulgação de cuidados para maior segurança dos seus pacientes.

Se o paciente diabético for dirigir, é preciso ficar atento à hipoglicemia – sensação de tremores, fraqueza, fome, suor frio, nervosismo e/ou sonolência, dificuldade de raciocínio, confusão mental, agressividade ou desmaio. Em geral, os sintomas acontecem ao mesmo tempo e geralmente ocorrem quando a glicemia está abaixo de 50 a 60mg/dl.

E ter hipoglicemia dirigindo não é incomum. Às vezes, a pessoa que tem a hipoglicemia pode apresentar poucos sintomas e não perceber essa alteração. Isto pode ocasionar acidentes graves e deve ser feito o possível para evitá-los.

Assim, pelo menos para aquelas pessoas que às vezes não percebem quando estão tendo hipoglicemia, é fundamental medir as taxas de glicose antes de viagens longas, sempre que forem dirigir.

O que fazer: “Antes de iniciar viagens longas, meça a glicemia. Se as taxas estiverem menores do que 150mg/dl, coma um alimento com carboidrato e proteína, por exemplo, um sanduíche com queijo ou uma barra de cereal e um polenguinho, ou uma fruta com cereal. Meça a glicemia após 2 horas dirigindo ou, se não puder medi-la, coma uma fruta ou 2 a 3 bolachas”.

Como fazer: “Leve um suco ou refrigerante não dietético para beber, caso se sinta mal. Um sachê de mel pode ser levado para situações de emergência. Atenção Se estiver dirigindo em trajetos longos, leve sempre seu medidor glicose”.

Amanhã, o Cedeba dará orientações sobre o transporte de insulina. Mais informações no site www.walterminicucci.com.br e no blog: http://blog.walterminicucci.com.br. Walter Minicucci atua na área de diabetes há mais de 30 anos, inclusive em educação em diabetes, organizando e coordenando grupos multiprofissionais de atendimento, produzindo materiais educativos para médicos e pacientes, tais como vídeos educativos, folhetos e manuais.

Ascom do Cedeba
Cedeba/especial1

Notícias relacionadas