Notícias /

Sesab capacita mais de 1.300 profissionais de saúde em Febre Amarela

21/02/2017 19:43

Nos dias 26 de janeiro e 16 de fevereiro, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), por meio do Telessaúde capacitou mais de 1.300 profissionais de saúde para manejo clínico da “Febre Amarela”. A webpalestra foi conduzida por Maria Aparecida Figueiredo, diretora de Vigilância Epidemiológica do Estado, e Ceuci de Lima, diretora do Hospital Couto Maia, contando com a participação remota de profissionais de saúde de cerca de 90 municípios do estado e mais de seis estados da federação.

Durante a apresentação de janeiro, Maria Aparecida sintetizou a situação do país e trouxe dados da Bahia, onde entre 2014 e 2016 foram notificados nove casos em todo o estado e nenhum confirmado. Em 2017, a Bahia contabiliza sete casos suspeitos em residentes de três municípios baianos, sendo seis em investigação e um descartado. Já a webpalestra de fevereiro, derivou do primeiro momento, tornando-se um plantão de tira-dúvidas, onde os profissionais enviaram perguntas prévias e fizeram novos questionamentos online.

Creusa Gonçalves, enfermeira no município de Teixeira de Freitas, participou junto com sua equipe de Saúde da Família e classificou a ferramenta como excelente. “Auxilia na vida profissional e é fácil de utilizar. A escolha do tema foi excelente, principalmente no período em que estamos vivendo de tumulto e desespero dos usuários, por causa da febre amarela, fiquei satisfeita com a resposta de todas as perguntas”, concluiu a enfermeira.

O Telessaúde vem se consolidando como uma importante ferramenta para qualificação de profissionais no enfrentamento de doenças emergentes e na intensificação de ações de informação, educação e comunicação em saúde de forma integrada com todas as secretarias municipais.

Fonte:Telessaúde
/febre amarela/webpalestra

Notícias relacionadas