Notícias /

Informações sobre Febre Amarela foram apresentadas na 246ª Reunião da CIB

23/03/2017 21:57

A pauta da 246ª Reunião Ordinária da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que ocorreu nesta quinta-feira (23), no auditório da União dos Municípios da Bahia (UPB), no Centro Administrativo da Bahia, apresentou ações das superintendências da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), novas habilitações e pactuações.

Maria Aparecida Araújo, superintendente de Vigilância e Proteção à Saúde (Suvisa), apresentou dados e ações referentes à Febre Amarela, que até o dia 22 de março foram notificados 16 casos suspeitos em oito municípios, a saber: saber Coribe (4), Teixeira de Freitas (3),Itamaraju (2), Mucuri (1), Nova Viçosa (1), Ilhéus (1), Feira de Santana (1) e Itiúba (1). Destes, sete foram descartados e nove continuam em investigação.

Também durante a apresentação ela explicou que, desde o alerta do Ministério da Saúde relacionando as regiões de risco na  Bahia, a vigilância epidemiológica tem trabalhado junto aos municípios notificados na perspectiva de impedir um surto da doença no estado. Para isso a vigilância se reúne com gestores municipais para comunicar a situação epidemiológica e definir ações locais complementares às ações estaduais; orienta os municípios a divulgar e discutir as notas técnicas com as equipes de saúde local (PSF, hospitais e maternidade) a fim ampliar a sensibilidade para notificação imediata de casos suspeitos de Febre Amarela aliado à busca ativa casa a casa de casos suspeitos na área delimitada para ação imediata;

Ressaltou ainda a implantação das salas municipais de coordenação e controle; intensificação das ações de combate ao mosquito; realização de vigilância ativa e notificação imediata de adoecimento e/ou morte dos Primatas Não Humanos (PNH); articulação interinstitucional para a vigilância do PNH; intensificação de ações de informação educação e comunicação em saúde; alerta às equipes dos estabelecimentos e núcleos da vigilância epidemiológica hospitalar quanto à vigilância dos casos humanos.

Ainda dentro da reunião ocorrida nesta quinta-feira, a diretora da Vigilância e Atenção à Saúde do Trabalhador (Divast), Letícia Nobre, apresentou uma proposta de calendário para os encontros regionais da Rede Nacional de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador (Renast/BA).

Fonte: Ascom/Sesab