Notícias /

Estado e municípios trabalham para reduzir mortalidade infantil

29/03/2017 21:11

A Primeira Semana Saúde Integral, que ocorreu no Ministério Público da Bahia nesta quarta-feira (29), tratou do tema “Mais cuidados com o bebê”. Organizado pelo Fórum da Região Metropolitana de Salvador, o evento reuniu representantes da atenção básica, maternidades, distritos sanitários, secretarias de saúde de mais de 10 municípios, dentre outros.

Tendo o Ministério Público como parceiro efetivo, “essas reuniões, que ocorrem mensalmente, têm como objetivo discutir ações e atividades voltadas para a rede de atenção obstétrica, que envolve os hospitais, as maternidades e a atenção básica”, explicou Analia Pupo, técnica da área da Saúde da Mulher da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia(Sesab).

Margarete Randam, pediatra da área técnica da saúde da criança da Sesab, explicou a ação que está sendo implementada para diminuir a mortalidade infantil, principalmente o componente neonatal, pois ela explica que, “de 100 crianças que morrem no estado, 70 morrem nos primeiros 28 dias de vida e dessas, 56 morrem na primeira semana, por isso a importância dos cuidados efetivos neste período”.

Ela acrescentou que a atenção básica deve conhecer as crianças que nasceram, principalmente aquelas de risco, que precisam de acompanhamento de perto para diminuir a morbimortalidade. De acordo com a médica,a capacitação de facilitadores dará mais segurança aos profissionais no momento de atender as crianças.

Fonte: Ascom/Sesab

Notícias relacionadas