Notícias /

Hospital Roberto Santos recebe unidades notificantes de doadores de córneas

27/04/2017 17:07

O Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) sediou, na manhã desta quinta-feira (27), o Encontro de Unidades Notificantes de Possíveis Doadores de Córneas. Promovido pela Central de Transplantes e pelo Banco de Olhos da Bahia – setores localizados dentro da estrutura da instituição, no bairro do Cabula, o evento contou com a presença de 45 representantes de hospitais de todo estado.

José Admirço Lima Filho, diretor-geral do HGRS, foi o responsável pela abertura da atividade. O gestor, que é também anestesiologista, falou sobre a importância do processo de doação, captação e transplante de órgãos: “costumo fazer anestesia para diversos casos e já tive oportunidade de presenciar a felicidade de quem recebe um órgão. É algo inexplicável. Acredito que ser doador e atuar profissionalmente nesse processo é ter compaixão. Não tenho dúvidas de que a doação é um dos maiores gestos de amor que se pode ter”.

Foi ele também o escolhido pelos organizadores para entregar uma honraria ao chefe do Apoio Administrativo do Hospital Roberto Santos, Irineu Valle. De acordo com a Central de Transplantes e Banco de Olhos da Bahia, o setor cuja coordenação é do servidor merece o reconhecimento de Amigo do Transplante, devido à atenção e presteza dispensadas. “Nós temos a Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante – Cihdott, que é bastante eficiente, mas é incontestável a diferença que faz o empenho de Irineu nas notificações de óbito e, consequentemente, de possíveis doadores de córneas”, destacou Admirço.

No encontro, os profissionais discutiram as etapas do processo de doação de córneas na Bahia. Conduziram as palestras as enfermeiras Monalisa Rodrigues e Marli Nascimento, do Banco de Olhos da Bahia; Mirela Andrade , da Organização de Procura de Córneas (OPC), e Carolina Melo Sodré, da Central de Transplantes, além das médicas Márcia de Souza – Banco de Olhos da Bahia, e Rita de Cássia Pedrosa – coordenadora Estadual de Transplante.

Estiveram na pauta temas como fluxo de distribuição, epidemiologia da doação, orientações para notificação (critérios de exclusão e elegibilidade de doadores), entrevista familiar para doação de córneas e anatomia, histologia e fisiologia ocular (principais indicações e tipos de transplantes de córnea, técnica de enucleação).

Ascom do HGRS
Roberto Santos/córneas

Notícias relacionadas