Notícias /

Hospital Manoel Victorino investe na segurança do paciente

25/05/2017 18:59

A segurança do paciente no ambiente hospitalar foi tema de ações desenvolvidas no Hospital Manoel Victorino nos dias 23 e 24 de maio. A programação com palestras, paródias e vídeos contou com a participação de profissionais de saúde, pacientes e acompanhantes.

A diretora da unidade, Sheila Ferraz, garante que a segurança do paciente é uma prioridade no HMV, para tanto, foi criado o Núcleo de Segurança do Paciente – NSP, composto por profissionais de diversas áreas do hospital, tendo como objetivo a prevenção e eliminação de riscos na assistência. “Reconhecemos que nossos colaboradores têm um papel primordial no tratamento do paciente e o desempenho eficaz da equipe reflete diretamente na melhoria da assistência e na obtenção de resultados mais efetivos durante o internamento”, explicou.

Durante as palestras, os enfermeiros Maira Andrade e Alex Coelho, membros da CCIH, abordaram assuntos pertinentes tais como: medidas para o controle da infecção hospitalar. Para eles, o objetivo maior do evento é orientar a equipe, auxiliar os pacientes, seus familiares, propondo um novo olhar sobre as rotinas hospitalares, para que o paciente esteja atento e possa participar de maneira mais efetiva dos cuidados com a sua saúde. Maira Andrade destacou que “a participação do paciente pode mudar o sistema de saúde e o papel da equipe assistencial. A escuta ativa entre paciente e corpo clínico é uns dos aspectos mais importantes na busca por melhorias. Dessa forma,temos que fornecer orientações para que população esteja atenta e possa cobrar de nós também”.

A enfermeira Nilva Correia, presidente do NSP da unidade ressalta a importância de divulgar a Política de Segurança do Paciente para a equipe multidisciplinar, enfatizando as metas necessárias para a promoção da segurança e melhoria da qualidade nos serviços de saúde. “Precisamos mobilizar todas as equipes envolvidas no processo do cuidado do paciente, transmitindo a cultura de segurança durante a internação hospitalar; além de divulgar as seis metas de segurança preconizadas pela Anvisa”.

Avaliação

A fisioterapeuta Caroline Lima parabenizou os organizadores do evento, ressaltando que é um privilégio trabalhar no Hospital Manoel Victorino onde a direção da unidade tem um olhar voltado para o aprendizado. “Trabalho aqui há mais de três anos e rotineiramente acontecem treinamentos, capacitações, onde temos a oportunidade de atualizarmos nossos conhecimentos. No setor da fisioterapia, não é diferente nosso coordenador José Roberto já promoveu simpósios multidisciplinares, ou seja, como profissionais estamos sempre aprendendo e contribuindo de maneira positiva, para o restabelecimento da saúde dos pacientes”.

Roselita de Araújo, auxiliar administrativa do HMV, concorda com a opinião da fisioterapeuta e acrescenta que o evento foi bastante produtivo, programação riquíssima. “Saio daqui hoje satisfeita e grata porque conheci mais sobre o funcionamento dos demais setores do hospital e principalmente adquiri conhecimentos que usarei aqui em meu ambiente de trabalho, mas, principalmente, em minha vida toda”.

Thaís Silveira, que está trabalhando há apenas dois meses no Hospital Manoel Victorino comemora. “Estou satisfeita em fazer parte da equipe do HMV, em pouco tempo já aprendi muito, o evento do NSP, por exemplo, foi de extrema importância principalmente para mim que sou nova na instituição, abordaram inúmeros temas, mas o que me chamou atenção foi o tópico: “O cuidar do paciente”, onde a equipe mostrou que todo atendimento deve estar aliado com a humanização”.

Ascom HMV
/HMV/segurança do paciente