Notícias /

Congresso discute a Atenção Domiciliar

13/07/2017 15:39

Nesta quinta-feira (13) o secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, participou da abertura do II Congresso Nacional de Saúde e Atenção Domiciliar (Consad), que ocorreu na Arena Fonte Nova, em Salvador.

O evento, que segue até amanhã (14), tem como tema central “Sustentabilidade para Boas Práticas e desfechos em atenção domiciliar: um desafio técnico, ético e multidisciplinar”. O titular da pasta da saúde ressaltou que é um serviço que reduz a sobrecarga dos hospitais, além de contribuir para o atendimento das pessoas idosas, “sobretudo com o envelhecimento da população, este é um serviço que deverá se especializar cada vez mais para prestar atendimento a pacientes com este perfil”.

No Brasil, são mais de 150 mil internações domiciliares, mas segundo o presidente do Núcleo Nacional das Empresas de Serviço de Atenção Domiciliar (Nead), Luis Marrochi, este número é subestimado, “pois do início desta atividade, que começou na década de 1990, não temos registros”, pontua Marrochi. Ele destacou que o crescimento de um ano para outro varia entre 10 a 15%.

O diretor da filial nordeste da Nead ressalta que na Bahia, este número gira em torno de 1700 pacientes e acrescentou benefícios como conforto, acolhimento e segurança para as pessoas atendidas em seus domicílios.

Os participantes do congresso ainda terão a oportunidade de conhecer as novas perspectivas desse mercado com a Expo Feira de inovações tecnológicas, soluções de gestão e trilhas científicas, que reune temas como: Atenção Integral à Saúde; Avanços no Processo de Desospitalização e Transição de Cuidados; Programa Melhor em Casa; Tecnologia; Telemedicina; Formação; Remuneração e Engajamento Profissional; Questões Éticas e Legais na oferta de cuidados a pacientes agudos, crônicos e idosos; Judicialização; Cuidados Paliativos; Visão dos diferentes Players do Mercado da Atenção Domiciliar; Indicadores de Qualidade; Segurança e Custos, entre outras abordagens atuais e relevantes para o público alvo do evento.

Ascom/Sesab

Notícias relacionadas