Notícias /

Assistência farmacêutica da Sesab no “Julho Amarelo”

01/08/2017 12:35

Com o objetivo de chamar atenção para a importância de se detectar precocemente e buscar o tratamento adequado das hepatites, o mês de julho, chamado de “Julho Amarelo”, considerado o mês de luta, prevenção e controle das hepatites virais, a Diretoria de Assistência Farmacêutica/Farmácia Integrada do Medicamento na Atenção Especializada (Fimae), da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), promoveu atividades educativas durante a última semana, com a realização de testes de diagnóstico para hepatites B e C, distribuição de preservativos e orientações e aconselhamentos com psicólogos, farmacêuticos e assistente social.

As atividades foram encerradas na última sexta-feira, dia 28, com um ciclo de palestras no auditório do Hospital Especializado Octávio Mangabeira (HEOM), parceiro da programação do Julho Amarelo da Fimae. Foram enfocados temas como diagnóstico e tratamento das hepatites virais, cuidados e prevenção com relação às hepatites virais e fluxo da assistência farmacêutica. Durante as palestras, foi lembrado que as hepatites virais se constituem em grave problema de saúde pública no mundo e no Brasil, tendo em vista a alta transmissibilidade e o impacto sócio econômico.

Estima-se que no Brasil, 800 mil pessoas já foram infectadas pelo vírus da hepatite B e 1,5 milhão pelo vírus C. As hepatites virais A e E são de transmissão fecal-oral, enquanto as hepatites B, C e D são transmitidas pelo sangue (via parenteral, percutânea, vertical), esperma e secreção vaginal (via sexual). Os vírus B, C e D podem evoluir para doença crônica, que pode apresentar como desfecho a fibrose hepática, cirrose, além de carcinoma hepatocelular.

Ascom/Sesab
Hepatite/DASF

Notícias relacionadas