Notícias /

O SUS é debatido em Conferência

05/10/2017 20:12

“O SUS não é apenas a fila dos hospitais, está presente na vida de todos, a começar pela água que usamos”. Com essa afirmação, a superintendente da Vigilância e Proteção da Saúde, Rivia Barros, abriu a etapa da Macrorregional Leste da 1ª Conferência Estadual da Vigilância em Saúde da Família, nesta quinta-feira (05), em Lauro de Freitas.

Ela explicou que a assistência do Sistema Único de Saúde (SUS) é abrangente e chega à todos os cidadãos, e a “Vigilância Sanitária exerce importante papel de proteção, prevenção e promoção da saúde”. Ela ainda acrescentou que a Vigilância Sanitária contribui na elaboração de políticas públicas para melhorar a vida da população.

Presente ao evento, a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho, destacou que a conferência é um espaço de luta e fortalecimento do SUS, e acrescentou o desafio dos delegados que vão representar a Bahia na etapa nacional.

Até amanhã (06), gestores, técnicos, usuários e representantes da Vigilância Sanitária do Núcleo de Saúde Leste estarão reunidos em Lauro de Freitas com o objetivo de discutir as demandas inerentes ao SUS, para saírem com propostas formatadas que serão apresentadas na Etapa Estadual, de onde sairão as propostas para a fase Nacional.

A discussão, que ocorre nas etapas municipais e macrorregionais, é com base nos eixos temáticos definidos previamente para nortear as conferências em todas as suas fases, os quais: O lugar da Vigilância em Saúde no SUS; Responsabilidades do Estado e dos governos com a vigilância em saúde; Saberes, práticas, processos de trabalhos e tecnologias na Vigilância em Saúde e Vigilância em Saúde participativa e democrática para enfrentamento das iniquidades sociais em saúde.

Notícias relacionadas