Notícias /

Diretor do HGRS fica em segundo lugar no Congresso Brasileiro de Clínica Médica

10/10/2017 18:45

O diretor médico do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), André Durães, foi o segundo colocado na premiação dos trabalhos científicos do 14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência e Emergência, realizados em Belo Horizonte (MG) na última semana. Com o título “Análise dos fatores de retardo ao atendimento ao infarto agudo do miocárdio com Supra de ST (IAMCSST) em comparação com o gênero: experiência de uma rede pública em Salvador – Bahia”, André – que é cardiologista – e seus colaboradores se destacaram na modalidade de apresentação oral.

Designada pelo diretor, a estudante de Medicina da Universidade Federal da Bahia (Ufba) Yasmin Bitar foi a responsável por conduzir a apresentação do trabalho no evento. Conforme explica ela, o estudo buscou analisar os fatores de retardo que podem levar a atrasos no manejo/atendimento/tratamento do infarto agudo do miocárdio com supra (forma mais grave do ataque cardíaco).

“Para mim, como estudante, essa premiação é muito boa, soma ao meu currículo acadêmico. Foram muitos trabalhos inscritos. Para se ter uma ideia, o congresso aprovou 1338 trabalhos. Desses, eles selecionaram apenas dez para apresentação oral. Os outros foram selecionados para e-pôsteres e pôsteres”, lembra Yasmin, que faz relação direta entre o desempenho do grupo e a dedicação de seu orientador, André Durães: “ele, além de ser o autor principal, participou ativamente de todo processo, da construção dos slides à apresentação no congresso”.

O diretor médico do HGRS foi o único palestrante da Bahia no 14º Congresso Brasileiro de Clínica Médica e 4º Congresso Internacional de Medicina de Urgência e Emergência. Também presidente da Associação Brasileira de Medicina de Urgência e Emergência (Abramurgem/BA), ele ministrou, no evento, aula sobre dor torácica na emergência e conduziu mesa sobre ressuscitação cardiopulmonar, abordando desde metodologias de ensino até simulação realística.

André Durães é graduado em medicina pela Universidade Federal da Bahia (Ufba) e doutor pela mesma instituição, onde atua como professor assistente de Semiologia Médica. O cardiologista é professor, ainda, da pós-graduação de Medicina e Saúde na disciplina de Metodologia Científica. Recentemente, lançou o programa de transplantes de órgãos do Hospital Geral Roberto Santos.

Ascom HGRS
/hgrs/segundo

Notícias relacionadas