Notícias /

Divisa orienta consumidores sobre compra de suplementos alimentares

10/10/2017 20:01

A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), por meio da Diretoria de Vigilância Sanitária e Saúde Ambiental (Divisa), alerta o consumidor a respeito dos cuidados ao comprar suplementos alimentares. Na última segunda-feira (09), uma operação da Polícia Federal, com apoio da Divisa, interditou uma fábrica clandestina desses produtos em Feira de Santana.

A primeira recomendação da Divisa ao consumidor é buscar a orientação de um médico ou nutricionista, pois, na maioria dos casos, uma alimentação equilibrada é suficiente para atender as necessidades nutricionais dos praticantes de atividade física.

A partir da necessidade de uso, é preciso tomar alguns cuidados. Observar se a loja de suplementos possui alvará da Vigilância Sanitária. Dessa forma, o consumidor vai saber que o estabelecimento encontra-se devidamente licenciado para a atividade.

Outra dica é verificar no rótulo do produto a validade, observações e orientações de consumo, além das condições da embalagem. Um terceiro ponto é observar no site da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) se o produto a ser comprado necessita de registro no órgão e se está devidamente registrado.

Quem tiver informações de um estabelecimento que produz alimentos para o consumo humano de forma clandestina pode realizar uma denúncia por meio da ouvidoria da Divisa (71) 3270-5795 ou pelo e-mail: divisa.ouvidoria@sesab.ba.gov.br.

Na ação em Feira de Santana, a Divisa constatou a ausência de licença da Vigilância Sanitária para fabricação e comercialização de suplementos, os quais eram envasados sem adoção de Boas Práticas de Fabricação, em ambiente insalubre, sem estabelecer controles de processo e sem garantir a procedência da matéria-prima. Todos esses fatores representam um risco grande para a saúde do consumidor.

Ascom Divisa
/vigisanit/suplementos

Notícias relacionadas