Notícias /

HGRS promove seminário em comemoração ao Dia Mundial de Combate ao AVC

20/10/2017 17:35

Responsável pela morte de uma pessoa a cada hora na Bahia, o Acidente Vascular Cerebral (AVC) – popularmente conhecido como derrame – é uma das principais causas de morte no Brasil e a principal causa de incapacidade no mundo. Para difundir informações sobre prevenção e tratamento da doença, o Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) promoverá, no dia 26 de outubro, seminário em comemoração à Semana Mundial de Combate ao AVC. O encontro será realizado no auditório do edifício anexo à instituição, das 8 às 12h.

De acordo com a programação divulgada pela Unidade de AVC do Hospital Roberto Santos (UAVC-HGRS) – que é referência na assistência a pacientes com AVC na Bahia – convidados de ampla experiência na área irão compartilhar seus conhecimentos com a comunidade durante o evento (confira cronograma abaixo). Poderão participar da atividade profissionais, estudantes e residentes das diversas categorias que integram o quadro de saúde do HGRS.

Além do seminário, a agenda da campanha de combate ao AVC irá contar com adesivaços, panfletagens, palestras, alongamento e práticas integrativas ao ar livre, distribuição de material informativo e exibição de vídeos de mobilização nos sites e redes sociais da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) e Secretaria Municipal de Salvador (SMS), nas estações do metrô de Salvador e nos postos do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC). Todas essas ações acontecerão de 21 a 29 de outubro, conforme planejamento da organização não governamental Rede Brasil AVC.

Acidente Vascular Cerebral

O AVC acontece devido a uma alteração na circulação de sangue em uma parte do cérebro. Ele pode ser isquêmico (quando falta sangue) ou hemorrágico (quando derrama sangue). Nessas situações, as células do cérebro podem ser lesionadas ou morrer. Dependendo da parte do cérebro que é afetada e do tempo até o tratamento, os efeitos do AVC nos sobreviventes podem ser devastadores. Sintomas como fala embolada, boca torta, diminuição da força, cefaleia intensa e déficit visual e de equilíbrio devem ser observados com atenção.

Estão mais propensas ao Acidente Vascular Cerebral pessoas com hipertensão, diabetes, fumantes, consumidoras de bebidas alcoólicas, sedentárias e obesas. Esses fatores, aliados a um dos sintomas conhecidos, devem ser rapidamente informados ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Seminário do HGRS em Comemoração ao Dia Mundial de Combate ao AVC

Data: 26/10/2017, das 8 às 12h

Local: auditório do edifício anexo ao HGRS

Público-alvo: profissionais, estudantes e residentes das diversas categorias que integram o quadro de saúde do HGRS

Inscrições: www.ensinoepesquisahgrs.blogspot.com.br

Programação:

• 8h – Credenciamento

• 8h30 – Mesa de abertura

• 9h – Palestra ‘Cenário do AVC na Bahia’, com Mariana Almeida M. Gibaut (enfermeira e professora da Universidade Federal da Bahia – Ufba)

• 9h30 – Palestra ‘É possível prevenir a doença que mais mata no país?’, com Heder Silva (enfermeiro de referência da emergência adulto do HGRS, enfermeiro assistencial da UAVC-HGRS e preceptor de estágio curricular da Unijorge)

• 10h – Palestra ‘É possível tratar a doença que mais mata no país?’, com Thiago Santos Nascimento (médico residente de neurologia do HGRS)

• Mesa-redonda ‘O cuidado em AVC: aspectos relevantes na perspectiva multiprofissional’, com moderação de Jailda Almeida (enfermeira de referência da UAVC-HGRS e enfermeira do Complexo Hospitalar Professor Edgard Santos – Complexo Hupes)

• 10h30 – Palestra ‘Terapia trombolítica do AVCI no HGRS’, com Caroline Cunha (neurologista da UAVC-HGRS)

• 10h50 – Palestra ‘Intervenções do fonoaudiólogo frente ao paciente com AVC’, com Camila Barbosa dos Santos (fonoaudióloga da UAVC-HGRS)

• 11h10 – Palestra ‘Preparo para alta hospitalar pós-AVC’, com Carolina Santana da Silva (enfermeira intensivista da UTI neuroclínica do Hospital Santa Izabel e enfermeira assistencial da UAVC-HGRS)

• 11h30 – Palestra ‘Reabilitação funcional pós-AVC’, com Iara Maso (fisioterapeuta da UAVC-HGRS)

• 11h50 – Discussão

Ascom do vHGRS
Roberto Santos/AVC2

Notícias relacionadas