Notícias /

HGRS recebe menção honrosa por trabalho sobre custo-consciência e inicia campanha na pediatria

25/10/2017 19:44

Após receber a menção honrosa pelo melhor trabalho pontuado da Bahia no 38º Congresso Brasileiro de Pediatria, o grupo de pesquisa do serviço de pediatria do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) iniciará, na unidade, a implantação da campanha ‘Choosing Wisely’. O termo – que pode ser traduzido como ‘usando de sabedoria nas escolhas’ – serve para incentivar atitudes custo-conscientes, ou seja, aquelas que mantêm o cuidado com a qualidade da saúde dos indivíduos e não ocasionam uso exagerado e desnecessário dos recursos em relação ao beneficio a ser alcançado para o paciente.

Intitulado ‘Percepção do residente de pediatria sobre o papel do preceptor na formação da custo-consciência em saúde’, o trabalho foi desenvolvido com os residentes da enfermaria de pediatria do HGRS para perceber o olhar deles em relação as atitudes de custo-consciência na prática médica. “Com essa análise, a gente viu que algumas coisas que a gente ainda realiza como prática pediátrica – determinadas solicitações de exames, determinados usos de medicamentos e terapias – já não contam com mais nenhum respaldo da ciência para sua utilização. Isso gera custo para o paciente, para o Estado, traz ônus do ponto de vista social e do ponto de vista psíquico”, conta a pediatra Lívia Fonseca, orientadora da pesquisa.

De acordo com a médica, apesar de identificadas as condutas inadequadas, uma série de razões impedem os profissionais de as abandonarem: “talvez devido à medicina defensiva, ou até mesmo pela falta de conhecimento teórico-científico, não se tem ainda condição de definir uma atitude real de abandonar essas práticas. Por isso, a implantação da campanha ‘Choosing Wisely’. O trabalho é parte de uma ação educativa maior, que contará com oficinas, distribuições de panfletos e fôlderes. Esses estão sendo afixados na emergência, enfermaria e ambulatórios, para que profissionais, residentes, internos e pacientes tenham acesso às proposições selecionadas pela equipe de preceptores especialistas. Assim, todos saberão o que estão fazendo de errado e como devem proceder a partir de agora. Vamos finalizar com uma avaliação do impacto e esperamos que sejam gerados indicadores que mostrem que essas mudanças tenham trazido benefícios para o hospital”.

As pesquisas realizadas pelo grupo de pediatria do Hospital Geral Roberto Santos contam, ainda, com a supervisão do pediatra Dilton Mendonça, coordenador da residência.

Ascom HGRS
/hgrs/menção honrosa

Notícias relacionadas