Notícias /

Neurocientista destaca que emoções positivas fortalecem a saúde

25/10/2017 12:58

“Nosso cérebro pode ser o parasita ou o pensionista do corpo inteiro”. Citando esse conceito do filósofo alemão do século XIX, Arthur Schopenhauer, o neurocientista e escritor Bruno Pitanga, professor da Faculdade Unijorge, mostrou durante a palestra “Cuidando das Emoções para Viver Melhor” a importância de a pessoa enxergar as coisas positivas da vida e agradecer. Tristeza, preocupação, ansiedade, estresse e depois, depressão contribuem para o surgimento de muitas doenças, incluindo obesidade, diabetes e câncer.

Na palestra, que abriu as comemorações da Semana do Servidor, no Centro de Diabetes e Endocrinologia da Bahia (Cedeba), o palestrante destacou que “se a cabeça estiver mal, o corpo adoece (o cérebro age como parasita), mas a cabeça estando bem, o corpo ganha (pensionista)”. Por isso – pontuou – o descontrole de emoções gera muitas doenças. E muito importante para o controle das emoções é respirar corretamente, buscar o silêncio, meditar.

Dormir, o remédio

Um dos segredos para a saúde é dormir bem, inclusive para preservar a memória. De acordo com o palestrante, não existe remédio para a memória. “Tudo o que existe é empírico. Quem quiser memória excelente, durma bem. Uma noite mal dormida traz reflexos no humor, prejudicando as atividades no trabalho.” Segundo o palestrante, é possível avançar na idade com boa memória, desde que o cérebro seja estimulado. Explicou que é durante o sono que o cérebro consolida o que foi aprendido durante o dia

Também é muito importante para cuidar bem das emoções focar a atenção no presente. Normalmente – observou – nossa mente adora o futuro ( as preocupações) e o passado, mas odeia o presente.

Uma questão que movimentou os participantes da palestra foi sobre o que fazer se um gênio surgisse garantindo todos os dias a quantia de R$ 140.440,00, mas que, necessariamente teria de ser gasta a cada dia. As respostas foram as mais variadas. Depois, a surpresa: o número representa o total de minutos de um dia. Em seguida, ele pontuou que a felicidade não está ligada ao dinheiro. E que o significado do tempo varia de acordo com cada situação. “Pergunte a uma mãe o que significa um mês se ela teve um filho prematuro. Vejam também o que representa um segundo para um atleta que perde uma competição por esse tempo mínimo”, observou.

Uma receita para viver bem que Bruno Pitanga aprendeu com uma senhora de idade avançada, muito saudável, moradora do Vale do Capão, na Chapada Diamantina .”Na minha vida não tive malquerença”, que significa inimizade, antipatia, desejar mal ao próximo, aversão, animosidade, malquerer, ódio. A energia ruim que a pessoa emana não atinge o próximo, mas o próprio emissor.

A diretora do Cedeba, Reine Chaves Fonseca, que abriu a programa da Semana do Servidor e fez a apresentação do palestrante, parabenizou os servidores que cumprem a importante missão de servir ao público. Pediu a união de todos e força para vencer as dificuldades, “servindo sempre com amor aqueles que nos procuram”;

As atividades programadas pela Coordenação de Gestão de Pessoas do Cedeba continuam hoje, às 10 horas, com oficina de artesanato, que serão conduzidas pela técnica de Enfermagem Onsli Almeida e pela farmacêutica bioquímica Arabela Leal, ambas do Cedeba. Os servidores terão, também, aula pública do Coral Vozes da Sesab, às 12 horas.

Como a programação está focada em atividades que promovam bem-estar e relaxamento, amanhã (quinta), às 11h30, o mestre em Reiki e instrutor de Tai Chi Chuan, o indiano Karun Naidu, radicado no Brasil há 12 anos, dá aula experimental de Tai Chi Chuan às 11h30, Às 14 horas, servidores terão Práticas Integrativas e Complementares (o Cedeba possui ambulatório que atende pacientes há dois anos, com Reiki e Reflexologia Podal).

A programação será encerrada no dia 27 (sexta-feira), às 9 horas, com oficina de Cromoteraparia, conduzida pelo SIAST Assistencial da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Fonte: Ascom do Cededa
Cedeba/neuro

Notícias relacionadas