Notícias /

Hospital Manoel Victorino desenvolve ações no Novembro Azul e aborda a importância da prevenção

13/11/2017 20:00

Assim como as mulheres, os homens também possuem um mês especial destinado à saúde deles: Novembro! Durante este mês são realizadas em todo o mundo campanhas de orientação sobre os cuidados com a saúde dos homens.

No Hospital Manoel Victorino, as ações coordenadas pela equipe de Enfermagem, estão acontecendo de forma dinâmica, colaboradores receberam laçinhos azuis, estão participando de orientações e palestras com objetivo de ter maiores informações sobre a doença e tirar dúvidas.

De acordo com a diretora da unidade, Sheila Ferraz, é preciso envolver toda a equipe. “O câncer de próstata é uma doença silenciosa, não tem sintomas aparentes, por isso realizar exames frequentes é a melhor forma de prevenção. O sucesso do tratamento da doença vai depender do estágio em que ela for diagnosticada. Se for descoberto em fase inicial, as chances de cura chegam a 90%”, pontuou.

A campanha Novembro Azul, que tem um bigode como símbolo, teve início em 2009 quando um grupo de homens na Austrália deixou o bigode crescer com o objetivo de arrecadar fundos para instituições de caridade. Logo, a ação se espalhou pelo mundo e chegou ao Brasil por meio do Instituto Lado a Lado pela Vida e da Sociedade Brasileira de Urologia, responsáveis por difundir no país o mês de conscientização sobre o câncer de próstata.

Estatísticas indicam que o câncer de próstata é o segundo tipo de câncer que mais mata entre os homens. Um em cada seis homens é alvo da doença. Há um diagnóstico de câncer de próstata a cada 7,6 minutos. Há um óbito por câncer de próstata a cada 40 minutos e é o sexto tipo de câncer mais frequente no mundo.

O exame da próstata é feito por meio da dosagem de PSA (proteína produzida pela próstata que está aumentada em caso de câncer) e do toque retal. Em casos suspeitos são solicitados outros exames, como ressonância magnética e biopsia. O exame periódico é indicado para todos os homens a partir dos 50 anos de idade, mas para os que apresentam fatores de risco, como histórico da doença na família e homens negros – estudos comprovam que os negros têm 10% mais chances de desenvolver a doença -, a indicação é que a prevenção aconteça a partir dos 45 anos.

Manter uma alimentação saudável, realizar atividade física, evitar o excesso de peso, álcool e cigarro, além de consultar o urologista regularmente, são as principais formas de prevenir as complicações pelo câncer de próstata.

Ascom HMV
/HMV/novembro azul

Notícias relacionadas