Notícias /

Bahia apresenta planos de respostas do setor de saúde aos cenários de desastres em Minas Gerais

16/11/2017 18:13

A Bahia foi convidada a participar do “1º Simpósio Mineiro de Emergências e Desastres: Construindo o Cuidado na Saúde”, com o objetivo de o Plano de Preparação e Resposta do Setor de Saúde ao Cenário de Desastres mais comuns no Estado.

O simpósio foi realizado em Mariana, cidade onde uma barragem rompeu matando três pessoas e deixando 25 desaparecidas em 2015, no que é considerado o maior desastre ambiental do Brasil.

O plano baiano contempla três eixos: Seca, queimadas e estiagem; Inundação, deslizamento e enchente e transporte; Produção e acondicionamento de produtos perigosos.

A elaboração contou com a participação de 15 municípios das regiões do semiárido, leste e extremo sul, além da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e do Ministério da Saúde.

“Mostramos como foram feitos os levantamentos das áreas ameaçadas e as vulnerabilidades dos territórios, destacando o cuidado com a prevenção, que é uma grande preocupação da Vigilância em Saúde”, relatou Imeide Pinheiro, técnica da Diretoria de Vigilância Sanitária e Ambiental (Divisa) da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab).

O plano também foi colocado em prática no dia 1º de novembro, quando uma inundação atingiu Porto Seguro, e os servidores da saúde municipal abriram um comitê, executando as ações previstas, evitando um transtorno maior na cidade.

Ascom da Divisa
Vigsanit/Minas

Notícias relacionadas