Notícias /

Residentes do HGRS apresentam oito casos em congresso brasileiro de anestesiologia

16/11/2017 18:14

Os residentes de anestesiologia do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), em Salvador, apresentaram oito casos no 64º Congresso Brasileiro de Anestesiologia (CBA), realizado em Curitiba durante a última semana. Eles participaram do evento ao lado dos chefes do serviço e do diretor-geral da instituição, o também anestesiologista José Admirço Lima Filho.

Na avaliação da residente Renata Sofia Guimarães, uma das autoras das pesquisas, o grupo se beneficiou da estrutura e do atendimento do hospital para conseguir tantas aprovações no congresso. “O perfil de pacientes do ‘Roberto Santos’ nos ajudou. Por se tratar de um hospital terciário, de grande porte, referência estadual em diversas clínicas cirúrgicas, tivemos condições de entrar em contato com uma grande diversidade de casos incomuns”, conta, acrescentando: “a quantidade de trabalhos se deve também ao grande interesse dos residentes e apoio dos chefes do serviço, dr. Hugo Eckener Dantas, dr. José Admirço e dr. Ricardo Azevedo [atual presidente da Sociedade Brasileira de Anestesiologia – SBA]”.

Além de Renata e dos anestesiologistas que supervisionaram os trabalhos, os casos apresentados tiveram os seguintes autores e coautores: Paula Veriato Zenaide, Carolina Almeida Ramos, Bruno Torres, José Mendes Mesquita, Diogo Moreira Garzedim, Magnolia Montenegro, Paulo Max Gonzaga Oliveira, Pedro Brito, Vinícius Sepúlveda, Samyr Carneiro, Carla Nogueira, Leonardo Marques e Leônidas Phyladeupho.

Confira, abaixo, os títulos dos trabalhos apresentados no 64º Congresso Brasileiro de Anestesiologia.

1. Manejo de via aérea difícil em paciente com circunferência do pescoço superior a 60 cm secundário à síndrome de veia cava superior para procedimento fora do centro cirúrgico.

2. PCR em pré-escolar falcêmico após infusão de gadolínio para RNM.

3. Anestesia para laparotomia exploratória secundária à gravidez ectópica rota – relato de caso.

4. Injeção intra-arterial acidental de clorexidina alcoólica.

5. Anestesia para correção cirúrgica de fístula arteriovenosa femorofemoral em paciente portador de aneurisma de veia ilíaca concomitante – relato de caso.

6. Anestesia para correção de hérnia diafragmática congênita.

7. Manejo intra-operatório da fibrilação atrial.

8. Anestesia para paciente portadora de miopatia congênita tipo desproporção congênita do tipo de fibras.

Fonte: ASCOM HGRS/
Residentes anestesiologia/ congresso

Notícias relacionadas