Notícias /

A EESP promoveu 2º Seminário Estadual de Sistematização da Assistência de Enfermagem e Segurança do Paciente

01/12/2017 15:54

No final do mês de novembro (23), a Escola Estadual de Saúde Pública Professor Francisco Peixoto de Magalhães (EESP) realizou o 2º Seminário Estadual de Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE) e Segurança do Paciente (SP), para 90 participantes. O evento, que aconteceu no auditório da Universidade Católica do Salvador, Campus de Pituaçu, teve por objetivo sensibilizar os profissionais da área da saúde que atuam nas unidades da rede da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) e estudantes, acerca da importância destas temáticas.

O encontro também serviu para divulgar o trabalho do apoio institucional, promovido pelas docentes da EESP, na implantação e implementação da SAE e do Núcleo de Segurança do Paciente (NSP) nas unidades da Sesab.

O evento contou com a participação do enfermeiro Rudval Souza, que discorreu sobre “A Identidade Profissional e a SAE” e com a enfermeira Monalisa Sant’anna, que abordou o tema: “O Papel do Enfermeiro no Gerenciamento dos Riscos Assistenciais”.

Na oportunidade, foram compartilhados os relatos de experiências da implantação da SAE no Hospital Geral do Estado e na Maternidade Tsylla Balbino, pelas enfermeiras Ariane Aguiar e Rosimeyre Cavalcante, respectivamente. Os enfermeiros Welington Ramos e Cândida Garcia relataram as experiências da implantação dos NSP nos hospitais Couto Maia e Ana Neri, respectivamente.

Por fim, as enfermeiras e docentes da EESP, Adriana Brendler, Cristiane Firpo, Iêda Santos, Milena Guimarães e Taís Carneiro apresentaram o panorama sobre os avanços e desafios do apoio institucional na implantação e implementação da SAE e NSP nas unidades da Rede Sesab.

A Escola desenvolve um trabalho de apoio institucional, uma estratégia que atende à Portaria 1709/2014, que busca realizar uma articulação ensino serviço, a partir dos cursos de Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE) e Segurança do Paciente (SP), que são promovidos sistematicamente pela EESP, desde 2014. O objetivo é apoiar os egressos destes cursos na implantação destes processos, considerando as especificidades das unidades.

Fonte: EESP
/EESP/SAE

Notícias relacionadas