Notícias /

Campanha do Abraço marca o fim de ano do Creasi

02/01/2018 10:16

Ambientado com o tema natalino, o Creasi encerrou o ano realizando campanha do Abraço. Na semana passada, uma sessão temática sobre o tema abriu a etapa de cadastramento de voluntários do abraço, que passaram a circular pela unidade, distribuindo abraços e falando sobre a importância do ato.

A proposta da atividade partiu do setor de Saúde do Trabalhador, em articulação com as Comissões Locais de Humanização e de Saúde do Trabalhador. A enfermeira Patrícia Paim avaliou os resultados de uma pesquisa da Universidade Carnegie Mellon (CMU), em Pittsburgh, na Pensilvânia (EUA), chefiados pelo professor Sheldon Cohen, que testou se abraços funcionam como uma forma de “apoio social”, e se a frequência de abraço seria capaz de proteger as pessoas de infecções associadas ao estresse, tornando mais brandos os sintomas de doenças.

De acordo com a pesquisa, o abraço é capaz de prevenir doenças relacionadas ao estresse e diminuir a suscetibilidade de contrair infecções. Segundo a equipe chefiada por Cohen, ser abraçado por alguém de confiança pode ser um meio de transmitir apoio, e “o aumento da frequência de abraços pode ser um meio eficaz de reduzir os efeitos nocivos do estresse”.

Para a enfermeira, o clima natalino e todas as expectativas geradas pela chegada de um novo ano propiciam o desenvolvimento da campanha. “Encerrar o ano com a atividade visa proporcionar renovação, carinho e, principalmente, acolhimento para o novo ciclo que se inicia, com mais amor e união”. Frases sobre abraço foram espalhadas pela Unidade, levando os servidores e pacientes a se emocionarem.

O clima de fim de ano foi ampliado com a realização da confraternização dos servidores, que reuniu toda a equipe do Centro, com o foco na união e na determinação para superar obstáculos e fazer sempre mais pelos idosos, idosas e profissionais que buscam a assistência do Creasi.

Ascom do Creasi
Idoso/abraço 

Notícias relacionadas