Notícias /

Pacientes de Seabra e região avaliam positivamente Hospital Regional da Chapada

05/01/2018 17:26

Os pacientes que utilizam os serviços do Hospital Regional da Chapada (HRC), inaugurado há um mês no município de Seabra, estão avaliando positivamente a qualidade do atendimento da unidade. Com 101 leitos, sendo 10 de UTI, o hospital é referência para 11 municípios da região, oferecendo atendimento de urgência e emergência 24 horas, centro de bioimagem e cirúrgico, além de ambulatório.

A população beneficiada com a chegada do hospital demonstra grande satisfação, a exemplo do morador de Iraquara Eduardo Rodrigues dos Santos, que está acompanhando o irmão Odilon Santos, que sofreu um acidente de moto e está internado no HCR. “Graças a Deus que existe esse hospital, meu irmão sofreu um acidente e foi trazido para cá. O atendimento é ótimo, tanto dos enfermeiros, como de todos os profissionais. Se alguém falar mal desse hospital é porque nunca precisou”, desabafou.

Logo após ser inaugurado, o Hospital da Chapada realizou o mutirão de Cirurgias promovido pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab). Pacientes de Seabra e mais 12 municípios da Chapada Diamantina tiveram a oportunidade de agendar o atendimento e beneficiar-se com a realização de cirurgias.

A lavradora Fabíola Rocha, 46 anos, estava há cerca de dois anos na fila de espera para realizar a retirada da vesícula e afirma: “Eu teria que viajar até Irecê para buscar atendimento e, agora, recebemos esse presente que é o Hospital Regional da Chapada”.

Segundo o diretor-médico do HRC, Luiz Carlos Brasileiro, todas as cirurgias agendadas durante o mutirão foram efetivamente realizadas. “Iniciamos o atendimento com os procedimentos eletivos, já que existe uma grande demanda até então reprimida e que já está sendo realizadas pelos profissionais daqui do hospital. Além das cirurgias, todos os pacientes que chegam à unidade com perfil de atendimento estão sendo assistidos”, informou.

Para Maria Aparecida Ramos de Oliveira, a inauguração do Hospital da Chapada foi muito importante. Ela garante que não sabe o que teria acontecido com a filha, Bárbara Oliveira de Souza, se ela não tivesse sido encaminhada para o HCR. “Minha filha caiu do cavalo e chegou aqui em estado gravíssimo, graças aos profissionais ela está bem melhor. Não sei o que seria dela se esse hospital não existisse A equipe é atenciosa, cuidadosa, não falta”, finalizou.

Com a implantação do Hospital Regional da Chapada, Seabra e os 12 municípios do Centro Sul Baiano estão tendo acesso a atendimento de urgência e emergência 24 horas, além disso, o paciente que precisar de leito de UTI não mais terá a necessidade de se deslocar para Irecê, Feira de Santana ou até mesmo Salvador.

Ascom HRC
/Chapada/avaliação

Notícias relacionadas