Notícias /

Seleção de apoiadores locais para o projeto de implantação da rede de apoio à Assistência farmacêutica do SUS

29/01/2018 12:20

A Assistência Farmacêutica do Estado da Bahia receberá o Projeto de Implantação da rede de apoio à Assistência Farmacêutica do SUS: expansão do cuidado farmacêutico e do uso racional de medicamentos no Componente Especializado. O projeto é uma iniciativa do Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde (DAF), idealizado com o intuito de promover a implantação e implementação de serviços de acompanhamento farmacoterapêutico de pacientes com Artrite Reumatoide e Hepatite Viral C Crônica, assistidos pelo CEAF no Brasil.

A execução do projeto prevê a seleção de apoiadores, que serão responsáveis pelo processo de treinamento e supervisão dos farmacêuticos nos serviços. O processo de seleção dos apoiadores para o desenvolvimento do projeto será direto, por meio da análise de currículo, títulos, tempo de experiência e expertise do profissional. A seleção será avaliada pelos coordenadores nacionais, supervisores regionais e DAF.

O profissional deverá possuir graduação em Farmácia com mestrado, residência ou especialização Lato Sensu concluídos na área clínica e experiência de no mínimo 3 (três) anos em práticas de assistência farmacêutica, preferencialmente voltadas ao cuidado farmacêutico na atenção à saúde. O profissional deverá ter disponibilidade para viagens e 40 horas semanais presenciais para dedicação ao presente projeto. A vigência do contrato de trabalho será de 12 (doze) meses, podendo ocorrer prorrogação conforme contrato de gestão, no valor de R$ 4.500,00 (quatro mil e quinhentos reais).

Os requisitos considerados obrigatórios para a inscrição:

Graduação em Farmácia com mestrado, residência ou especialização Lato Sensu, preferencialmente concluídos na área de cuidado farmacêutico. Junto com cópia dos diplomas e/ou certificados, enviar cópia da página da dissertação ou do trabalho de conclusão de curso que indique o tema do mesmo .

Experiência comprovada de no mínimo 03 (três) anos, que contemplem requisitos envolvendo: práticas de cuidado farmacêutico para atenção à saúde (rastreamento em saúde, educação em saúde, manejo de problemas de saúde autolimitados, dispensação, monitorização terapêutica de medicamentos, conciliação de medicamentos, revisão da farmacoterapia, gestão da condição de saúde e acompanhamento farmacoterapêutico, acompanhamento farmacoterapêutico, revisão da farrmacoterapia ou gestão da condição clínica de saúde).

Experiências comprovadas em projetos de âmbito acadêmico também serão válidas. Nos documentos comprobatórios deverão constar os seguintes itens: descrição das atividades desenvolvidas, período de realização, carga horária, local e assinatura do gestor do serviço ou coordenador do projeto.

Documentos a serem anexados:

Currículo Vitae ou Currículo Lattes; Cópias de diplomas e títulos; Cópia da página da dissertação ou do trabalho de conclusão de curso que indique o tema; Comprovantes atestando a experiência.

As informações devem ser enviadas para: projetocuidado.daf@saude.gov.br

Prazo de recebimento: Até 31 de janeiro de 2018.

Fonte: DASF
Farmabasi/apoiador

Notícias relacionadas