Notícias /

Hospital Roberto Santos inicia reformulação da emergência adulto

01/02/2018 15:04

A diretoria do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) validou, nesta quinta-feira (1º), o redesenho do processo de acolhimento da emergência adulto da instituição. Realizado em parceria com a Rede de Consultores da Secretaria da Administração do Estado da Bahia (Saeb), o projeto permitirá a modernização do setor, visando à melhoria do atendimento prestado aos cidadãos baianos.

Entre os avanços planejados para a emergência adulto do HGRS, haverá implantação do sistema de gerenciamento do fluxo de atendimento utilizado nos postos do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) – Atende. Assim, será possível organizar o fluxo de pacientes na unidade, com foco na humanização, comodidade e eficiência do acolhimento. Isso se dará, também, por meio de capacitação de pessoal, ampliação da utilização de recursos de informática e acompanhamento e avaliação permanente da assistência.

A expectativa do grupo de trabalho é de que, nos próximos meses, o layout das áreas de acolhimento da emergência do Hospital Roberto Santos seja reformulado, o que inclui entrada, recepção, espera e classificação. Além dos pacientes – regulados ou oriundos de demanda espontânea, de Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) – serão beneficiados os acompanhantes da sala de estabilização e sala verde, bem como visitantes da sala amarela e unidade de terapia intensiva (UTI).

A reforma da emergência adulto do HGRS é uma das prioridades da gestão do hospital, tendo em vista a capacidade do setor, que absorve a maioria dos casos de alta complexidade do estado. “Percebemos que precisaríamos mudar a cara da emergência assim que assumimos a administração [do HGRS]. Até chegar a esse modelo, prestamos muita atenção no que nossos pacientes e funcionários tinham a dizer. Agora, que já entendemos as principais necessidades de todos, estamos ansiosos para entregar à população da Bahia uma emergência à altura dela”, conta o diretor-geral do HGRS, José Admirço Lima Filho.

Ainda nesta quinta-feira, o grupo de trabalho iniciará a elaboração dos procedimentos operacionais padrões (POPs). Diretores do hospital e profissionais da emergência, recepção, almoxarifado e recursos humanos fazem parte do processo.

Ascom do HGRS
Roberto Santos/emergência

Notícias relacionadas