Notícias /

Hospital da Mulher recepciona primeiros médicos residentes em Mastologia

01/03/2018 15:24

O Hospital da Mulher recebeu nesta quinta-feira (1) os primeiros alunos do Programa de Residência Médica em Mastologia da unidade. Credenciado ao Ministério da Educação (MEC), aos Conselhos Nacional e Regional de Medicina e respaldado pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), o programa oferece estrutura física moderna, parque tecnológico e equipe multiprofissional especializada no diagnóstico e tratamento do câncer de mama.

Na oportunidade, os residentes conheceram a estrutura do hospital e foram orientados a respeito do treinamento a ser ofertado durante os dois anos de especialização. “Para a gestão, o ensino e pesquisa é um dos pilares estratégicos no desenvolvimento do hospital. Hoje, sem dúvida, é um dia marcante na história do Hospital da Mulher”, afirmou o diretor geral da unidade, Marco Antônio Andrade.

Para o coordenador da Mastologia e Ensino e Pesquisa, André Dias, o Programa de Residência médica veio para agregar ao hospital. “Com a chegada dos residentes, temos a segurança em saber que o hospital dá um passo fundamental no campo do ensino e que ainda aprimoraremos as nossas práticas, pautando todas elas em condutas cientificamente reconhecidas”, assegurou.

A especialização é direcionada ao profissional de Medicina que já é cirurgião geral ou cirurgião ginecológico. “Tive excelentes referências tanto do serviço quanto do corpo clínico e sendo um hospital novo, sabido que tem uma estrutura boa, que promove um bom acesso aos pacientes, o interesse veio na hora”, contou o residente e cirurgião geral Luciano Campos. “Quero aprender, fazer o melhor e retribuir de alguma forma para a sociedade que precisa”, completou.

Ao ingressar no campo do ensino, o hospital contribui para que todos usufruam da assistência de qualidade – médicos, residentes e usuárias – dentro de uma unidade 100% SUS.

A residente e cirurgiã ginecológica Melissa Avena acredita que a especialização lhe trará o ensino e segurança necessária para atuar ao fim da residência. “Acredito que vou ver uma diversidade muito grande aqui e devido ao fato de o hospital funcionar muito bem, a expectativa é de que eu já saia preparada para trabalhar”, afirmou.

A residência

Durante o programa, os residentes passarão por treinamento em serviço com todas as etapas que abrangem desde o diagnóstico ao tratamento cirúrgico do câncer de mama. Acompanharão as consultas com as pacientes, os exames complementares para o diagnóstico das lesões e das biópsias guiadas por ultrassonografia e por mamografia.

Também poderão acompanhar cirurgias, participar de visitas guiadas nas enfermarias com seus preceptores e receber acompanhamento supervisionado no pós-operatório das pacientes.

Ascom do Hospital da Mulher
Hospital da Mulher/mastologia

Notícias relacionadas