Notícias /

Presidente da Sobape recebe homenagem na Assembleia Legislativa

21/03/2018 10:19
Trabalho social da pediatra Dolores Fernandez foi destacado pelo Projeto 1+1 é sempre + que 2.

A presidente da Sociedade Baiana de Pediatria (Sobape), Dolores Fernandez, foi homenageada na manhã de ontem (20) pelo Projeto 1+1 é sempre + que 2. A pediatra foi uma das 21 mulheres escolhidas por desenvolverem trabalho de destaque nas comunidades e na sociedade.

A solenidade, no auditório da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), foi aberta pelo presidente da casa, o deputado Ângelo Coronel (PSD), que parabenizou as responsáveis pelo projeto e destacou a importância do “empoderamento das mulheres na sociedade baiana”.

Dolores Fernandez, que também é diretora-geral do Instituto de Perinatologia da Bahia (Iperba), da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), e faz parte da Fundação José Silveira, agradeceu o reconhecimento da sua atuação como pediatra e disse que “é preciso reforçar essa corrente do bem, agregando mais pessoas dispostas a ajudar no trabalho em prol das comunidades carentes, principalmente na assistência à saúde de crianças e adolescentes”.

Exemplo

A presidente do Projeto 1+1, Bárbara Trindade, disse que Dolores Fernandez é um exemplo de mulher que faz a diferença. “Ela merece a homenagem não só pelo trabalho no Iperba, mas por tudo o que faz, e como faz, nas comunidades carentes, através da Fundação José Silveira”, reforça.

“Ela é uma médica excelente e uma pessoa extraordinária, com um coração enorme. Está sempre disposta a acolher as pessoas carentes das comunidades que visita. Nunca diz não quando pedimos para atender mais um, mais um e mais um”, completa.

Bárbara explica que a homenagem acontece há mais de dez anos, sempre no mês de março, como parte das ações pelo Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março. “Já destacamos o trabalho de quase 200 mulheres das mais diversas áreas de atuação. A gente procura incentivar as mulheres, mostrando que elas são capazes de vencer e fazer a diferença nas comunidades”, diz.

Criado em 2005, o projeto presta assistência a crianças, adolescentes e idosos, através de ações sociais desenvolvidas em toda a cidade, com foco na divulgação dos direitos básicos dos cidadãos.

 Fonte: Assembleia Legislativa
/Iperba/homenagem