Notícias /

Experiência do Cedeba superou as expectativas da delegação de El Salvador

23/03/2018 09:01

Os integrantes da delegação de El Salvador, que durante quatro dias conheceram o trabalho do Centro de Diabetes e Endocrinologia da Bahia (Cedeba), reconheceram a excelência do Centro de Referência da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab). A visita, na avaliação da coordenadora da Unidade de Promoção, Prevenção e Vigilância das Doenças Não – Transmissíveis do Ministério da Saúde de El Salvador (MINSA), Estela Alvarenga Alas coordenador do grupo, “superou nossas expectativas. Aprendemos muito, observando também que para conseguirmos algo temos que sonhar primeiro”.

Um ponto destacado pelos visitantes foi a integração das equipes, o trabalho multidisciplinar que funciona de verdade e o amor dos colaboradores ao trabalho. Nem todas as experiências poderão ser adotadas em El Salvador, mas muitas poderão ser adaptadas de acordo com a realidade do País, diferente do Brasil. Um país pequeno (o menor da América Central) e o mais densamente povoado.

Para o médico Ricardo Armando Peñate Guerra, a visita ao Cedeba foi muito gratificante. Também destacou a união da equipe do Centro e chamou sua atenção o Ambulatório do Pé Diabético e a organização da Farmácia, tema da última apresentação no início da tarde de hoje, feita pela coordenadora técnica do Cedeba, Jamile Neves.

Na avaliação da médica Lil Guadalupe SaenzUmaña, o sucesso do Cedeba resulta de um trabalho árduo. É uma experiência muito interessante e muito importante para nós, porque muitas ações poderemos implantar em El Salvador. Já a médica Nora Elizabeth Duarte de Garcia disse que não imaginava conhecer uma experiência como o Cedeba. Não só pela excelência como pela integração do grupo.

Ajudar a sonhar

A diretora do Cedeba, Reine Chaves Fonseca, ao agradecer a visita da delegação, destacou o espírito alegre e simpático dos visitantes que conquistaram a equipe desde que chegaram. Ela se colocou à disposição do grupo para colaborar com informações e materiais que eles forem necessárias.

Complementando a fala da coordenadora da delegação disse esperar que o Cedeba ajude na construção do sonho de um serviço especializado para os diabéticos como o Cedeba. Ela disse esperar que cada um dos visitantes seja mais uma estrela do mar -símbolo do Cedeba – para fazer a diferença na saúde dos diabéticos.

No final, uma surpresa para os salvadorenhos com a execução do Hino Nacional de El Salvador, que eles cantaram com mão no peito, com muita emoção.

A visita faz parte da Cooperação Brasil – El Salvador. Projeto “Fortalecimento das Capacidades de Equipe Multidisciplinar de Saúde para Abordagem Integral de Doenças Não – Transmissíveis Priorizadas”.

 Fonte: Ascom Cedeba

Notícias relacionadas