Notícias /

Creasi realiza programação especial para reflexão sobre a Doença de Parkinson

02/04/2018 10:15

Sessões Temáticas, organizadas pelo Núcleo de Educação Permanente (NEP), rodas de conversa, promovidas pelo Núcleo de Atenção Gerontológica (NAG), palestras, realizadas pelo Programa de Apoio ao Cuidador (PAC), e atividades nas Praças da Unidade marcarão as celebrações do Dia Nacional e Dia Mundial da Doença de Parkinson, que começam essa semana, no Centro de Referência Estadual de Atenção à Saúde do idoso (Creasi).

Na quarta-feira (04), Dia Nacional da Doença de Parkinson, será realizada, às 11h, na sala de aula, a sessão “Avanços no diagnóstico e tratamento da Doença de Parkinson”, conduzida pelo médico Ailton Melo, pós-doutor pelas Universidades de Paris XI e Aix-Marseille, médico pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), doutor em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), docente em Neurologia no Departamento de Neurociências e Saúde Mental da Ufba e coordenador da Divisão de Neurologia e Epidemiologia, com grupo de pesquisa cadastrado no CNPq.

No Dia Mundial da Doença de Parkinson (11), a sessão terá caso clínico de paciente com a patologia, com discussão sobre as melhores condutas a serem adotadas, apresentado pela geriatra do Creasi, Meirelayne Borges Duarte, médica pela Universidade Federal da Bahia, especialidade em Geriatria pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG), mestre em Medicina pela Universidade Federal da Bahia, com área de concentração em Epidemiologia e professora Adjunta do curso de Medicina da Universidade Salvador (Unifacs).

Atividades para reflexão e conscientização, incentivando o protagonismo da pessoa idosa, serão realizadas para pacientes que participam do grupo terapêutico de Parkinson, que oferece escuta e técnicas lúdico-musicais, conduzido pela psicóloga Jane Bernadete. Nas praças, a Comissão Local de Humanização (CLH) abordará questões sobre mobilidade para o paciente de Parkinson. A programação especial, desenvolvida pela Unidade, será encerrada com encontro do Programa de Apoio ao Cuidador, na terça-feira (17), às 14h, com roda de conversa sobre o tema.

Os profissionais que atuam no Sistema Único de Saúde (SUS) e estudantes que desejarem participar das atividades, devem encaminhar e-mail para creasi.comunicacao@saude.ba.gov.br, informando no assunto “Parkinson”. As vagas são limitadas.

A Doença de Parkinson

Parkinson é uma doença degenerativa do sistema nervoso central, crônica e progressiva. É causada por uma diminuição intensa da produção de dopamina, que é um neurotransmissor (substância química que ajuda na transmissão de mensagens entre as células nervosas).

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 1% da população mundial acima de 65 anos é afetada pelo problema. No Brasil, estima-se que 200 mil pessoas sofram da doença.

O Creasi, atualmente, possui 657 idosos atendidos com a patologia e quase 2 mil pacientes de todo o estado da Bahia são cadastrados na Farmácia da Unidade. No ano passado, o Centro disponibilizou, aproximadamente, 900 mil comprimidos para o tratamento da Doença.

Ascom do Creasi
Idoso/neuro

Notícias relacionadas