Notícias /

Autorizada a construção de Policlínica e a entrega de novos equipamentos para Hospital de Juazeiro

05/04/2018 17:01

Durante visita a Juazeiro, no norte da Bahia, nesta quinta-feira (5), foi anunciada uma série de investimentos para o município. Na ocasião, foi assinada a ordem de serviço para a construção da Policlínica Regional de Saúde na Região de Juazeiro e o protocolo de intenções para a constituição do Consórcio Público Interfederativo de Saúde do município. A medida é essencial para assegurar o funcionamento da policlínica da região.

A policlínica será instalada em área construída predial de cerca de três mil metros quadrados. A Região de Saúde de Juazeiro é formada por 10 municípios e todos aderiram ao Consórcio Público para implantação da policlínica, que atenderá uma população de 544 mil habitantes.

“Hoje é um dia de festa, de alegria em Juazeiro. Estamos realizando muitos investimentos em áreas essenciais para a vida humana, como a saúde”, afirmou Rui Costa, destacando os R$ 22 milhões que serão investidos para construir e equipar a Policlínica Regional.

O governador também inaugurou a sala de tomografia do Hospital Regional de Juazeiro. Um investimento total de R$ 5 milhões. Os recursos foram utilizados na ampliação do Centro Cirúrgico, com duas novas salas de cirurgia, aquisição de equipamentos como arco cirúrgico e carros de anestesia.

Na ocasião, ele visitou a Unidade de Alta Complexidade em Oncologia, que está sendo construída ao lado do Hospital, e “que até o final do ano em volto para inaugurar para tratar os doentes de câncer, não só de Juazeiro mais de da região norte”.

Rui ainda realizou a entrega de três ambulâncias que irão beneficiar Juazeiro, Uauá e Canudos. Ainda durante o evento, realizou a inauguração simbólica da Unidade Básica de Saúde (UBS) de Itamotinga, distrito de Juazeiro.

Segundo o secretário estadual da Saúde, Fábio Vlas-Boas, o Governo do Estado estava, “há uns dez meses, se dedicando a corrigir deficiências no Hospital Regional de Juazeiro. Criamos agora um novo Centro Cirúrgico, ampliando de quatro para seis salas. Vamos construir uma sétima sala dedicada a pacientes com feridas infectadas, pé diabético, entre outras”.

Ele informou ainda que o Arco Cirúrgico vai permitir triplicar o volume de cirurgias ortopédicas, e que a unidade teve reequipada o centro cirúrgico e a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), com aparelho de anestesia, respiradores e monitores. Quanto a Policlínica, o secretário disse que “vai mudar a cara da Atenção à Saúde na região, oferecendo exames e consultas para toda a população”.

Secom

Notícias relacionadas