Notícias /

Sesab apresenta Política de Saúde na 259ª Reunião da CIB

18/05/2018 08:42

Nesta quinta-feira (17), durante a 259ª Reunião Ordinária da Comissão de Intergestores Biparte (CIB), foram apresentados os encaminhamentos, ações e programas da Secretaria do Estado da Bahia (Sesab) voltados para a redução de doenças e agravos que acometem a população, a exemplo do alto índice da sífilis congênita e das amputações decorrentes do pé diabético.

Sobre a Sífilis, o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, ressaltou que a incidência da sífilis congênita “demonstra negligência da atenção básica com o pré natal”. Ele acrescentou que ao diagnosticar gestantes com sífilis, tem que entrar com o tratamento adequado, imediatamente, para que a criança não seja atingida.

Já com relação a mais de três mil amputações que ocorrem no Estado, por ano, o titular da pasta também destacou que é falta de medidas de prevenção e cuidados da atenção básica, fazendo com que a situação se agrave, chegando às amputações.

Para isso, equipes técnicas da Sesab estão desenvolvendo uma Politica de Atenção Integral à Pessoa com Pé Diabético, que consiste na implantação de salas específicas para o tratamento da doença nos municípios com mais de 20 mil habitantes, não excluindo aqueles com números menores que se interessem pela política; sala de pé diabético em todas as policlínicas; centro de feridas a ser implantado no Solar Boa Vista, dentre outros.

Ao final, Fábio Vilas-Boas convocou os gestores a trabalharem junto com a Sesab no sentido de erradicar a sífilis congênita e reduzir substancialmente o número de amputações, com direito a um selo, que será concedido pela Sesab, aos municípios que conseguirem alcançar essa meta.

Ainda na reunião, os secretários de saúde de Salvador, Luiz Antônio Galvão, e de Lauro de Freitas, Erasmo Moura, tomaram posse como membros da CIB, titular e suplente, respectivamente.

 Ascom/Sesab

Notícias relacionadas