Notícias /

Autorizada construção de policlínica regional em Senhor do Bonfim

14/06/2018 14:12

Uma série de investimentos foi anunciada pelo Governo do Estado para área de saúde, na região centro norte da Bahia. Nesta quinta-feira (14), o governador Rui Costa, acompanhado do secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, esteve em Senhor do Bonfim, onde assinou ordem de serviço para a construção da Policlínica Regional de Saúde no município. Com um investimento de R$ 22 milhões, o equipamento atenderá 12 cidades, que representam 384 mil habitantes.

A unidade será instalada em uma área de mais de 12 mil metros quadrados, incluindo serviços de urbanização, paisagismo, terraplanagem e pavimentação. A policlínica vai atender os municípios de Andorinha, Antônio Gonçalves, Campo Formoso, Filadélfia, Itiúba, Jaguarari, Ponto Novo, Senhor do Bonfim, Queimadas, Nordestina, Pindobaçu e Cansanção. “Estamos materializando e estou cumprindo minha palavra quando disse que iria regionalizar a saúde e levar para o interior da Bahia os serviços de média e alta complexidade”, afirmou Rui.

Ainda em Senhor do Bonfim, o governador inaugurou uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas; o Estado investiu mais de R$ 400 mil na aquisição de mobiliário e equipamentos para a UPA. Rui também realizou a entrega de um veículo para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) de Senhor do Bonfim e de 11 ambulâncias, que foram destinadas às cidades de Itiúba, Jaguarari, Barrocas, Várzea Nova, Umburanas, Serrolândia, Andorinha, Cansanção, Curaçá, Tucano e Senhor do Bonfim.

Também fizeram parte das ações a entrega de 27 equipamentos, como raio-x, cadeira odontológica, kit parto, entre outros, para Campo Formoso, Jaguarari, Ourolândia, Senhor do Bonfim, Pé de Serra, Baixa Grande, Riachão do Jacuípe, Mirangaba, Várzea da Roça e Nova Fátima, e a inauguração da iluminação pública da Avenida João Durval, em Senhor do Bonfim, com recursos da ordem de R$ 1,3 milhão. “Hoje é uma agenda grande, com foco na saúde, mas também com investimentos em abastecimento de água e infraestrutura da região”, acrescentou Rui.