Notícias /

Hospital da Mulher promove atualização em medidas de prevenção de Infecção da Corrente Sanguínea

02/08/2018 10:16

Profissionais de saúde do Hospital da Mulher participaram, na manhã desta terça-feira (31), de atualização científica em Medidas de prevenção de Infecção da Corrente Sanguínea Relacionadas a Cateteres Centrais (ICSRC). A atividade contou com a presença de uma equipe composta por médicos, farmacêuticos, enfermeiros, fisioterapeutas e outros profissionais da assistência.

Conforme a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), os cateteres intravasculares são dispositivos de grande importância no cenário de assistência à saúde. Além das vantagens proporcionadas pela sua utilização, no entanto, também existem complicações que podem surgir devido a infecções.

As infecções são responsáveis por elevar o tempo de internação, aumentar os custos no cuidado do paciente e ainda aumentar a morbidade e mortalidade nos serviços de saúde.  Pensando na segurança e saúde das pacientes do Hospital da Mulher, a atualização teve como objetivo reforçar a necessidade das boas práticas na assistência, para que seja possível preveni-las.

Na ocasião, foram abordadas medidas como a higiene das mãos, seleção do cateter e cuidados relativos ao sítio de inserção, preparo da pele, estabilização, coberturas do sítio de punção e cuidados durante a remoção do cateter, além de manutenção preventiva das bombas de infusão.

“As boas práticas devem estar presentes em todas as esferas. Desde a forma como um medicamento é preparado e administrado na farmácia, até a forma como os profissionais de enfermagem fazem a manutenção diária dos curativos e observam se, por exemplo, eles estão rasgados ou com sangue parado na via”, enfatiza o médico da Comissão de Controle de Infecção Intra Hospitalar (CCIH) do Hospital da Mulher, Giancarlo Donato.

Para a enfermeira Solange Reis, a atividade ressaltou a importância de prezar pela saúde e segurança das pacientes. “Estas atualizações também incentivam os profissionais a se aperfeiçoarem e buscarem mais conhecimento para exercer a sua função da melhor forma possível”, garantiu.

 Ascom HM

Notícias relacionadas