Notícias /

Hospital Dia do Roberto Santos atende 500 pacientes no primeiro mês de funcionamento

14/08/2018 11:33

Aberto em junho, o Hospital Dia do Roberto Santos, atendeu 500 pacientes e realizou 300 cirurgias no primeiro mês de funcionamento. Entre os procedimentos, os mais frequentes são: retirada de cálculo renal, histerectomia, colelitíase (cirurgia da vesícula), herniorrafia e cirurgias proctológicas.

Além desses procedimentos, o Hospital Dia também oferece cirurgia de catarata, remoção de tumores de pele, ligadura de trompa, remoção de varizes, salpingectomia (remoção da trompa de falópio) e cirurgias de mão (síndrome do túnel do carpo, dedo em gatilho, cistos sinoviais).

O Hospital Dia faz parte da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) e tem atendimento totalmente gratuito, via SUS. Para o seu funcionamento, a Sesab investiu cerca de R$ 1,5 milhão.

Localizado no bairro do Cabula, em Salvador, o Hospital Dia conta com 17 leitos e tem capacidade para até 620 cirurgias por mês. A unidade funciona como assistência intermediária entre a internação e o atendimento ambulatorial, para realização de procedimentos clínicos, cirúrgicos, diagnósticos e terapêuticos, que requeiram a permanência do paciente na unidade por um período máximo de 12 horas.

“A implantação do Hospital Dia no Roberto Santos diminuiu significativamente a fila de espera e aumentou a rotatividade de atendimentos. Por exemplo, um paciente que faz cirurgia de cálculo renal, pode ir para casa no mesmo dia, tratando a patologia de forma mais precoce”, comentou José Admirço , diretor geral do Hospital Geral Roberto Santos.

Há duas maneiras de acesso. O paciente pode ter o atendimento através de uma triagem feita no ambulatório do hospital, na qual é encaminhado para o hospital dia ou pela lista única. Neste segundo caso as secretarias municipais de saúde cadastram os pacientes que possuem o perfil dos serviços oferecidos na unidade. De acordo com a disponibilidade, a Central de Regulação encaminha o paciente para ser atendido pelo serviço correspondente. Com isso, evita-se a espera das internações hospitalares e a utilização de leitos por pacientes que necessitam de procedimentos cirúrgicos de menor complexidade.

Ascom Sesab
/HGRS/hospital dia