Notícias /

Estudos do PROSUS são apresentados em seminário

27/11/2018 15:58

Planejado para fortalecer o Sistema Único de Saúde (SUS) na Bahia, com foco na Região Metropolitana de Salvador (RMS), o PROSUS – Programa de fortalecimento do SUS na RMS teve o resultado de uma de suas fases apresentado nesta terça-feira (27), em um seminário. Com o tema “Aspectos estratégicos da organização da rede de atenção à saúde da RMS”, o encontro contou com a participação de gestores da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) e das secretarias municipais de saúde dos 13 municípios que compõem a RMS.

De acordo com os resultados apresentados, dos municípios da RMS, seis tem 100% de cobertura da Atenção Básica, cinco tem taxas entre 68% e 90% e em dois a cobertura fica abaixo dos 50%. A recomendação é que o mínimo chegue a 70% de cobertura da Estratégia da Saúde da Família nos trezes municípios. Outros pontos expostos no estudo é a necessidade do planejamento da oferta dos serviços e do aprimoramento da gestão da assistência farmacêutica. “A dificuldade em toda logística gera problemas de falta de medicamentos”, apontou Luís Eugênio de Souza, representante do Instituto de Saúde Coletiva, em sua apresentação.

O secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas define o PROSUS como um projeto de integração e de estruturação da rede de atenção à saúde na Bahia, que envolve desde a atenção básica até a atenção hospitalar. “Através deste projeto investimos na construção de diversos equipamentos de saúde, na estruturação da rede de informática e na capacitação de estudos diagnósticos dos problemas da assistência para que possamos equacionar mais rapidamente”, afirmou.

“Nós, os secretários municipais de saúde, estamos atentos para que possamos trazer os benefícios não só dos equipamentos, mas também das recomendações para que a gente possa fortalecer cada vez mais nos municípios, principalmente no que tange a Atenção Básica”, disse Stela Souza, secretária de Saúde de Itaparica e presidente do Conselho Estadual dos Secretários Municipais de Saúde da Bahia.

Ascom Sesab
SUS/prosus

Notícias relacionadas