Notícias /

Atividades marcam 20 anos dos centros de referência do idoso e da pessoa com deficiência

22/01/2019 17:21

Serviços de excelência no atendimento ao idoso e a pessoa com deficiência, o O Centro de Referência Estadual de Atenção a Saúde do Idoso (Creasi) e o Centro de Prevenção e Reabilitação da Pessoa com Deficiência (Cepred) completaram 20 anos de funcionamento nesta terça-feira (22). Para marcar a data, diversas atividades estão sendo realizadas nas unidades, como palestras e relatos de pacientes.

A diretora do Creasi, Monica Frank, destaca que o Centro ultrapassa o atendimento ambulatorial. “Buscamos fomentar a cultura de educação, com o treinamento de profissionais que atuam na área de saúde, visando atender a pessoa idosa de forma mais qualificada”, afirma. A visão é compartilhada pela diretora do Cepred, Normélia Quinto. “Reabilitar é a missão do Cepred e estamos aqui para auxiliar a pessoa diante da sua dificuldade”, destacou.

Para o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, os centros se destacam por serem referência para outros serviços de saúde. “Muito mais que atender pessoas, os centros tem o papel de multiplicar a competência no cuidado com os pacientes”, pontua.

Creasi

Ao longo deste tempo, possui mais de 27.000 pacientes cadastrados, tendo realizado em 2018 mais de 105 mil procedimentos. As principais funções do Creasi são capacitar a rede de atendimento ao idoso, identificar necessidades na área da saúde, propor Políticas Públicas que impactem no processo de envelhecimento e atender pacientes encaminhados pela Atenção básica para consulta com especialistas.

O Creasi tem a perspectiva de tornar-se um polo de difusão de conhecimento em geriatria e gerontologia através de estudos científicos relacionados ao envelhecimento e da ampliação das possibilidades de apoio matricial. Já foi autorizada a viabilização do atendimento em fonoaudiologia e de um técnicos de radiologia para ampliação dos exames de densitometria óssea.

Cepred

O Cepred é um serviço especializado, que atende pessoas com deficiências no campo da prevenção e reabilitação, e defende os direitos desse segmento da população, no contexto do SUS e demais políticas públicas que investem e complementam o processo de reabilitação com programas nas áreas de mobilidade e acessibilidade, habilitação e inserção no mercado de trabalho, educação, cultura, esporte, entre outras formas de garantia dos direitos.

Ascom Sesab
Creasi/ 20 anos1

Notícias relacionadas