Notícias /

Creasi chega aos 20 anos fazendo a diferença na saúde pública na Bahia

25/01/2019 16:41

Por dia, cerca de 600 pessoas passam pelo Centro de Referência Estadual de Atenção à Saúde do Idoso (Creasi), vindas de todos os municípios da Bahia, principalmente da capital baiana, em busca de assistência especializada em geriatria e gerontologia. Mas a importante unidade da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), que completou 20 anos esse mês, nasceu pequena – numa salinha no prédio do INSS, em Brotas – e cresceu com a ampliação de serviços e da demanda que se instalava, exigindo mais espaço físico, passando a ocupar, desde 2002, uma área de 2 mil m2, no Centro de Atenção à Saúde (CAS), onde se encontra até hoje.

A unidade foi a concretização do sonho de um grupo de profissionais de saúde, incluindo a geriatra Mônica Hupsel Frank, fundadora e diretora do Creasi – que visava a implantação de um novo modelo de assistência ao paciente idoso. A proposta fez o caminhar para “fazer a diferença no cuidar do envelhecimento, na saúde pública na Bahia”, como ressalta a diretora. Além de agregar novos serviços, nesses 20 anos, conquistou credibilidade, tornando-se referência no atendimento à pessoa idosa na Bahia e no Brasil.

O secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas, participou do evento comemorativo, reforçando essa credibilidade, ressaltando a excelência e importância do Creasi e das metas do governo para a ampliação do cuidado à pessoa idosa, através do apoio matricial. A avaliação dos pacientes evidenciou ainda mais a credibilidade do Centro. O engenheiro aposentado Jaci Leal da Silva relatou a sua experiência na Unidade, “passei a vida viajando e nem na europa tem um centro com a excelência do Creasi para o idoso”. Paciente há 17 anos, o senhor Pedro Galdino também deu o seu depoimento e ressaltou o empenho e dedicação da equipe, principalmente de fisioterapia, “ano passado tive uma fratura no fêmur, achei que nunca mais andaria, já recuperei os meus movimentos e o meu desejo de voltar a caminhar está se realizando”.

A programação de aniversário contou com palestra da escritora, educadora e cordelista Mabel Velloso, que abordou a “arte de envelhecer” de maneira bem humorada e graciosa “sou catedrática em envelhecer, por isso temos que comer metade, andar o dobro e sorrir três vezes mais”. O médico, filósofo e psicólogo André Peixinho, Doutor em Educação e Mestre em Medicina Interna, abordou a “missão dos trabalhadores no cuidado em saúde da pessoa idosa”. Para abrilhantar ainda mais a festa, o cantor e compositor Tuca Fernandes deu um depoimento sobre a sua experiência com o Alzheimer, apresentando o clipe da música “Toda Manhã”, que compôs em homenagem a avó e cantou sucessos para festejar com os presentes.

Para encerrar as atividades, um vídeo foi apresentado com depoimentos de personalidades como Alexandre Kalache, médico epidemiologista especializado no estudo do envelhecimento, Cláudia Burlá, médica geriatra, Leonardo Oliva, presidente da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia – Secção Bahia, além de ex-servidores e amigos do Creasi felicitaram a Unidade e ressaltaram o trabalho desenvolvido, levando os mais de 100 servidores, ativos, aposentados e amigos, às lagrimas. Após as palavras emocionadas da diretora da Unidade, que agradeceu todos os servidores do Centro pela dedicação, ao longo desses 20 anos, foi a hora de cantar parabéns e desejar vida longa.

UNIDADE

Para ser admitido no Creasi, os pacientes são encaminhados pela Atenção Básica de Saúde, em formulário próprio. Os idosos que possuem perfil para atendimento na Unidade recebem tratamento multidisciplinar, com foco na funcionalidade, que reúne médicos geriatras, psiquiatra, reumatologista, ortopedista, cardiologista, enfermeiros, nutricionistas, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, odontólogos, psicólogos e fisioterapeutas. Além disso, o Creasi dispensa medicamentos do Componente Especializado da Atenção Farmacêutica e a realização de exame de Densitometria Óssea para toda a Bahia, mesmo não sendo paciente do Centro.

NOVAS CONQUISTAS

A multiplicação do conhecimento deu importante salto no Creasi com a expansão do Núcleo de Educação Permanente, culminando com aprovação de pesquisa sobre funcionalidade, pelo Prograna de Pesquisa do SUS (PPSUS). No Creasi, segundo a diretora, “os pesquisadores encontram vasto campo de aprendizagem”.

Também oferece residência e estágio que contemplam cursos da área de Saúde, voltados para o atendimento multidisciplinar, com foco na funcionalidade, marca da unidade, ao lado de ações educativas que qualificam o corpo funcional através de sessões temáticas e café científicos e atividades nas praças que motivam o paciente a adotar atitudes voltadas para o auto-cuidado e a qualidade de vida.

De acordo com a diretora, o respeito ao trabalho do Creasi é resultado do apoio dos secretários de Saúde, ao longo desses anos, e de todos os colaboradores que ‘vestem a camisa’ cotidianamente, garantindo atendimento de qualidade e humanizado, sempre de mãos dadas, para assegurar a melhor assistência à população idosa da Bahia, fazendo a diferença no cuidar do envelhecimento.

 Fonte: Creasi

Notícias relacionadas