Notícias /

Em dia recorde de regulações, ministro conhece a Central Estadual de Regulação da Bahia

25/02/2019 09:37

Na última sexta-feira (22), dia em que a Central Estadual de Regulação (CER) alcançou a marca de menos de mil pacientes internados que aguardam por um procedimento, sejam eles avaliações com especialistas, cirurgias ou exames, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, conheceu as instalações da CER. Na visita, conduzida pelo secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, o Ministro conheceu profissionais que atuam na Central e a tecnologia utilizada na regulação dos pacientes.

Fábio Vilas-Boas pontuou para o Ministro que, somente este ano, foram 29 mil solicitações atendidas, o que aponta para que, em breve, seja atingida a meta de se atender todas as solicitações em 24 horas. “Conseguimos identificar no país diversas iniciativas que dão certo e a Bahia mostra que a tecnologia pode auxiliar muito na assistência”, destacou Luiz Henrique Mandetta.

“Esta é uma conquista importante, pois em outubro de 2018 tínhamos até 2.200 pacientes registrados no sistema da Central. O resultado de hoje é fruto dos investimentos realizados pelo governador Rui Costa, com destaque para a inauguração de novos hospitais, a implantação do serviço de desospitalização, que já atendeu mais de 1.000 pacientes, e a determinação para que existisse uma melhoria contínua nos processos de gestão, com a redução do tempo médio de permanência nos leitos hospitalares da rede estadual”, afirma o secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas.

Visita a unidades filantrópicas

Além de conhecer a Central Estadual de Regulação, o Ministro e o Secretário foram aos hospitais Aristides Maltez e Santo Antônio. Na visita ao Aristidez Maltez, Fábio Vilas-Boas pode expor para o Ministro a idéia de descentralizar o atendimento oncológico na Bahia. “Estamos construindo Unidades de Alta Complexidade em Barreiras, Juazeiro, Caetité, Irecê e Porto Seguro. Hoje a espinha dorsal da oncologia reside no Aristides Maltez, mas vamos fazer esse tipo de atendimento chegar em todas as regiões da Bahia”, disse.

No Hospital Santo Antônio, unidade das Obras Assistenciais de Irmã Dulce, Luiz Henrique Mandetta conheceu as instalações de algumas enfermarias e também a área destinada ao atendimento oncológico.

Carnaval

Em Salvador, o Ministro ainda fez o lançamento da campanha de carnaval. Com slogan “Pare, pense e use camisinha”, a ação visa conscientizar os foliões que irão pular Carnaval por todo país. A ideia é estimular o uso do preservativo, principalmente entre os homens na faixa etária de 15 a 39 anos.