Notícias /

Teledermatologia é apresentada como nova oferta do TelessaúdeBA

26/03/2019 10:27

Em parceria com o Núcleo de Telessaúde Santa Catarina, o Telessaúde Bahia apresentou essa semana uma nova proposta do Telediagnóstico, a oferta de teledermatologia. O objetivo é buscar a qualificação do encaminhamento, retirando da fila de espera do especialista em dermatologia os pacientes que podem ter seu atendimento feito pelo próprio médico de família e antecipando o atendimento de casos considerados prioritários.

Neste momento, o serviço já começou como projeto piloto no município de Dom Basílio, região sudoeste do estado. Após treinamento, no dia 19 de março, os profissionais estão aptos a utilizar o Sistema de Telemedicina e Telessaúde de Santa Catarina. Para o secretário de saúde do município, Valmor Félix, a oferta qualifica a atenção básica e dá resolutividade.

Essa parceria entre núcleos de telessaúde se dá a partir do Telessaúde Brasil Redes, com a expansão da Oferta Nacional de Telediagnóstico, onde são selecionados núcleos com uma vasta experiência em determinada oferta e tem capacidade para expandir para outros estados. Segundo o Telessaúde SC, com a expansão da oferta nacional, o objetivo é atingir mais 100 pontos de Teledermatologia e dobrar o volume de exames emitidos atualmente no Sistema de Telemedicina e Telessaúde, alcançando mais de cinco mil exames mensais nos próximos anos. Sendo que, recentemente, o núcleo alcançou a marca de 100 mil laudos.

No dia 16 de março, foram publicadas as Resoluções CIB nº 36 e nº 37, que aprovam a oferta de Telediagnóstico em Eletrocardiograma – ECG no âmbito do Programa de Telediagnóstico para Atenção Básica para o Estado da Bahia, após pactuação em reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), formada por secretários municipais de saúde e representantes da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab). Em 2017, o TelessaúdeBA implantou a Oferta Nacional de Telediagnóstico em cardiologia, em parceria com o Núcleo de Telessaúde de Minas Gerais, alcançando até março o número de mais de 24 mil emissões de laudos de ECG, mas que estava disponível para apenas alguns municípios, sendo agora uma oferta para todo estado.

Fonte: Telessaúde
Telessaúde/dermatologia

Notícias relacionadas