Notícias /

Cepred oferece treinamento para unidades de Atenção à Pessoa com Deficiência

21/05/2019 10:11

O Centro de Prevenção e Reabilitação da Pessoa com Deficiência (Cepred) iniciou nesta segunda-feira (20) uma série de treinamento em serviços das unidades pertencentes à Rede de Atenção à Pessoa com Deficiência do Estado. Nesta primeira etapa, os participantes são: Instituto Pestalozzi de Alagoinhas e Apae de Feira de Santana.

Essas unidades passarão a oferecer Órtese e Prótese e para isso precisam entender, não apenas como funciona a gestão e o fornecimento desses insumos, mas também como prestar um atendimento interdisciplinar para os pacientes.

Maria de Fátima Schramm, coordenadora de Gestão de Pessoas, explicou que o primeiro passo do treinamento é o acolhimento dos profissionais, uma apresentação geral do Cepred, que inclui uma visita aos diversos setores da unidade, oportunidade em que os participantes poderão tirar suas dúvidas com os coordenadores e entender melhor o funcionamento da instituição.

Com uma carga horária de 40 horas, o curso ainda proporciona aos profissionais um treinamento prático sobre prontuários, licitação, concessão de materiais, faturamento de prontuários, encerrando com uma avaliação de impacto.

A diretora do Cepred, Normélia Quinto, ressalta que a unidade trabalha com reabilitação física, auditiva e intelectual, e tem uma visão focada na reabilitação, na disseminação do conhecimento e na inclusão da pessoa com deficiência, para que ele seja protagonista de sua vida. Ela acrescenta que os centros de reabilitação têm que entender que dão conta de uma parte da vida dessas pessoas, “dentro daquilo que o paciente se propõe para sua vida”.

Magda Fonseca Silva, do Instituto Pestalozzi de Alagoinhas, reconhece a importância do curso, uma vez que eles vão passar a fazer a concessão de órtese e prótese e “nós não temos conhecimento nenhum a respeito desses insumos e precisamos nos ambientar com esse serviço “.

CEPRED: É credenciado como Centro Especializado em Reabilitação (CERIII) que trabalha com reabilitação física, auditiva e intelectual, que tem por objetivo desenvolver ações de prevenção secundária, reabilitação e assistência às pessoas com deficiência física, auditiva, mental e com ostomias, de forma integral, com equipe multiprofissional, num enfoque interdisciplinar, através de ações de média e alta complexidade. Também desenvolve ações de capacitação de Recursos Humanos da rede de serviços, realiza estudos e pesquisas relacionadas a questão da deficiência, além de constituir campo de estágio para formação e o aprimoramento profissional.

Para ser atendido, o acompanhante ou o paciente deverá comparecer à instituição de segunda a quinta-feira, a partir das 7 horas, munido dos seguintes documentos: Registro Geral (RG) ou certidão de nascimento, cartão SUS, comprovante de residência e o relatório médico com CID, e a indicação médica (reabilitação e/ou concessão de equipamentos) ou, no caso de solicitação do aparelho auditivo, apresentar exame de audiometria.

Notícias relacionadas