Notícias /

Hospital Regional de Juazeiro faz alerta sobre queimaduras

14/06/2019 15:21

A sinaleira da Praça Barão do Rio Branco, centro do município de Juazeiro, ficou mais movimentada nesta sexta-feira, 14, isso porque a equipe de Humanização do Hospital Regional de Juazeiro (HRJ) fez alerta e passou orientações sobre a prevenção de queimaduras. O Hospital Regional de Juazeiro é especializado também no atendimento ao paciente vítima de queimaduras. No ano passado, foram atendidos 15 pacientes na faixa etária de 20 a 32 anos.

João Araújo, membro da Comissão de Humanização da unidade, destaca que a ação é de fundamental importância para conscientizar sobre os riscos das queimaduras. “Sobretudo neste período do ano, quando ocorrem as festas juninas e aproximam-se as férias de julho, quando as pessoas se excedem nas brincadeiras com fogos de artifício, viajam mais e ficam mais vulneráveis às ocorrências de queimaduras”.

O diretor médico do HRJ, José Antonio Bandeira, faz um alerta e orienta as pessoas vítimas de queimaduras por fogos de artifícios. “Lave bem o local com água corrente até que haja o resfriamento da área queimada. Evite usar soluções caseiras que que podem piorar o quadro e propiciar infecções. Evite também estoura as bolhas que ocorrem nas queimaduras de 2° grau, porque elas agem como uma proteção da pele e não deixe de procurar uma emergência onde serão tomadas as medidas necessárias para a rápida recuperação”, alertou.

Cuidados básicos com as crianças

A equipe do HRJ reforça o cuidado com as crianças, principalmente nesta época de festejos juninos. As crianças menores de 5 anos de idade correm mais riscos devido a vários fatores como ter a pele mais fina, tempo de reação, pouca agilidade e principalmente a curiosidade. É necessário tomar alguns cuidados, principalmente no dia a dia.

Não preparar alimentos quentes com a criança nos braços ou no colo; Manter as crianças longe da cozinha, principalmente na hora do preparo das refeições. A maior parte das queimaduras causadas por líquidos superaquecidos ocorrem nesse intervalo de tempo; Não deixar ao alcance das crianças substâncias inflamáveis utilizadas para limpeza, como o álcool. Guarde-as em local seguro; Não deixar as crianças soltar fogos de artifício, principalmente do tipo explosivo. Além das queimaduras, podem causar lesões graves nas mãos, nem sempre passíveis de recuperação; Não deixar fios e tomadas descobertos, porque podem causar lesões graves nas mãos e boca das crianças e não expor as crianças ao sol por muito tempo, principalmente entre as 10 e15 horas.

 

Notícias relacionadas