Notícias /

Hospital Regional Costa do Cacau realiza primeira neurocirurgia da doença de MAV do Sul da Bahia

27/06/2019 15:10

O Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, realizou neste mês, o primeiro tratamento neurocirúrgico endovascular de uma doença rara e grave chamada malformação arteriovenosa (MAV) cerebral. O procedimento foi realizado pela equipe de neurocirurgia do hospital, sendo o primeiro da rede pública e privada, do Sul da Bahia.

O paciente D. G. A. foi submetido a uma tomografia do crânio que evidenciou hemorragia cerebral, levando a equipe do HRCC a suspeitar da patologia. Após a estabilização e os cuidados de neurointensivismo na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), foi realizado um exame, denominado arteriografia cerebral, que confirmou o diagnóstico.

Posteriormente, os profissionais da unidade realizaram o planejamento cirúrgico e procederam com o tratamento neurocirúrgico endovascular, sem intercorrências.

De acordo com os médicos da unidade, o principal objetivo dessa cirurgia é reduzir o fluxo de alta pressão das artérias dentro das veias, consiste na oclusão de vasos defeituosos, evitando que novas hemorragias ocorram. O paciente foi operado no último dia 17 e recebeu alta nessa quarta-feira (26).

Sintomas da doença de MAV

Dores de cabeça a convulsões, perda de força de um lado do corpo até hemorragias cerebrais, o que é mais grave. Normalmente, o paciente procura o médico por ter convulsões ou crises convulsivas parciais, conhecidas como crises de ausência, que é, por exemplo, quando uma pessoa está falando e, de repente, fica fora do ar, por um curto período e volta, como se nada tivesse acontecido.

Notícias relacionadas