Notícias /

Programa de Suplementação Nutricional do Cican completa um ano

16/07/2019 15:54

Voltado para pacientes que estão sendo submetidos a tratamento quimioterápico, o Programa de Suplementação Nutricional do Centro Estadual de Oncologia completa um ano de implantado, beneficiando a um total 238 pacientes oncológicos, através do fornecimento de suplementos nutricionais durante o tratamento.

Para marcar a data, profissionais e pacientes do Cican atendidos pelo programa se reuniram na unidade, em dois horários, uma turma pela manhã e outro pela tarde, para uma série de atividades. A nutricionista Daniela Dantas, idealizadora do programa, falou sobre a proposta do serviço, suas indicações e os números alcançados neste primeiro ano. Em seguida, quatro nutricionistas convidadas proferiram palestras e tiraram dúvidas dos pacientes. Finalizando, foram distribuídos brindes e também pequenas provas de receitas utilizando o suplemento nutricional e um kit de lanche funcional.

Em tratamento quimioterápico, Terezinha de Jesus Almeida é uma das pacientes atendidas pelo Programa. Segundo ela, o uso do suplemento foi indicado porque estava perdendo peso, com falta de apetite e baixa imunidade. “Já consegui uma melhora. O suplemento é muito bom mesmo. Maravilhoso”, conta a paciente.

Resposta imunológica

De acordo com Daniela Dantas, o Programa surgiu com o propósito de prover a Terapia Nutricional Oral (TNO) para os pacientes com câncer, objetivando a melhora do estado nutricional e da adesão ao tratamento, através do aumento da resposta imunológica e redução da perda de peso corporal, evitando a progressão para o quadro de caquexia, garantindo desse modo melhor qualidade de vida para o paciente. De acordo com a diretoria do Cican, o Programa é o único no país pelo Sistema Único de Saúde- SUS.

Os pacientes atendidos pelo Programa tiveram inúmeros benefícios, entre eles o aumento do apetite e o ganho de peso, através da complementação da oferta energética e protéica diária, além da melhora da capacidade funcional e da imunidade, permitindo uma melhor adesão ao processo de quimioterapia.

O Programa de Suplementação Nutricional foi idealizado pela coordenadora do Serviço de Nutrição do Cican, a nutricionista Daniela Dantas, que definiu os critérios para sua indicação, observando a individualidade do paciente, o estado nutricional, o estágio da doença e os efeitos do tratamento.

Para participar do projeto é necessário ser paciente do Cican, estar em tratamento quimioterápico e possuir diagnostico de desnutrição energético-protéica. O paciente será avaliado pela nutricionista da unidade, que fará o acompanhamento mensal do mesmo, até o completo restabelecimento do estado nutricional.

Fonte: Cican

Notícias relacionadas