Notícias /

Equipe do Hospital Regional Dantas Bião realiza mais captações órgãos

13/08/2019 18:21

A Comissão Intra-hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (CIHDOTT) do Hospital Regional Dantas Bião, em Alagoinhas, realizou no período de 10 a 13 deste mês, quatro captações de órgãos sendo uma de múltiplos órgãos e as demais captações de córneas.

As captações ocorreram no bloco cirúrgico da unidade, com o apoio da equipe da Central de Transplantes do Estado. Foram captados: válvulas para coração, fígado, rins e córneas. Monique Carmo, enfermeira da CIHDOTT, informa que o trabalho da Comissão vai muito além da captação de órgãos.

De acordo com Carmo, a equipe realiza também um trabalho de conscientização e de sensibilização, para obter um resultado positivo na captação e, principalmente transmitir aos familiares que o ato da doação vai muito além de salvar vidas. “É uma atitude que muda o quadro de uma família inteira, que vive a angústia da espera, e tem a expectativa da mudança. Entendemos que é um momento de dor para a família do doador, por isso conversamos, tiramos dúvidas e agradecemos cada um, esse ato de amor”, esclareceu.

O Nobre Gesto:

Por mais que esse tema seja falado nas famílias ou nas rodas de amizade, decidir sobre doação de órgãos é algo que cabe exclusivamente aos familiares e isso, necessariamente, ocorre no momento mais difícil, ou seja, na perda do familiar. Por isso é importante que a equipe esteja preparada para conversar com os familiares, e, principalmente, esclarecer todas as dúvidas sobre o ato.

O secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, informa que foi registrado um crescimento de 30% no número de doações efetivas, 30% no número de transplantes renais e uma redução de 20% na quantidade de pacientes na fila de espera por córneas. “Na Bahia, no primeiro semestre deste ano, foram contabilizadas 78 doações de múltiplos órgãos e 317 doações de córneas, possibilitando a realização de 26 transplantes de fígado, 168 de rins e 395 de córneas. Estamos agregando, cada vez mais, os serviços de segurança em apoio ao transporte de órgãos e equipes, usando vôos do GRAER e da Casa Militar do Estado. Estamos progredindo no enfrentamento dessa questão de saúde”, concluiu

Notícias relacionadas