Notícias /

Candeias recebe unidades de saúde que somam R$ 3 milhões do Estado

27/08/2019 12:51

A saúde foi destaque da agenda do governador Rui Costa, desta terça-feira (27), na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Em visita ao município de Candeias, nesta manhã, Rui, acompanhando pelo secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, entregou à população as novas unidades do Centro de Atenção Psicossocial (Caps), do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e da Academia de Saúde.

“Mais um dia importante de entregas na área da saúde. O Caps, por exemplo, é um equipamento que tem grande relevância para o tratamento de pessoas que apresentam algum transtorno mental, com um conceito moderno de acolhimento. Outro objetivo do Caps, que também trata de pessoas com dependência química, é promover a inclusão e inserção de pacientes que possuem transtornos mais leves no ambiente familiar e na sociedade. Antigamente, todos os pacientes que apresentavam algum tipo de distúrbio psíquico, de qualquer grau, eram tratados da mesma forma, em internamentos que muitas vezes não eram adequados. Hoje em dia o tratamento é mais humano e cuidadoso”, explicou o governador.

Rui também falou sobre a iniciativa do Governo de construir equipamentos que fazem parte da rede básica de saúde, e entregar para as prefeituras administrarem. “O Estado está ajudando os municípios com entregas de unidades do Caps, Creas, Academias de Saúde, entre outras, porque entende que a atenção básica é fundamental para atender a população, principalmente nas cidades do interior”, ressaltou.

De acordo com Fábio Vilas-Boas, o Caps contará com uma equipe multiprofissional que auxiliará os pacientes. “No Caps são tratadas doenças como a ansiedade, depressão e outros transtornos que precisam do acompanhamento de psicólogos e psiquiatras, caso haja necessidade de medicação. Aqui os pacientes vão poder contar com uma equipe completa para atender essas necessidades. Esta é uma unidade também para o tratameno de quem faz uso de álcool e outras drogas”, pontuou.

Centros

No bairro Pitanga, a obra do Caps, executada pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), recebeu cerca de R$2,5 milhões em recursos. No local, serão tratados transtornos mentais severos e persistentes, com acompanhamento clínico e a reinserção social dos usuários pelo acesso ao trabalho, lazer, exercício dos direitos civis e fortalecimento dos laços familiares e comunitários. Trata-se de uma ação pensada para substituir, quando possível, internações em hospitais psiquiátricos.

Academia de Saúde

Localizada no bairro Urbis II, a Academia de Saúde permite que a população participe de atividades físicas, incluindo ginástica, capoeira, jogos esportivos e populares, yoga, tai chi chuan, dança, além de práticas artísticas, a exemplo de teatro, música, pintura e artesanato. Na iniciativa, foram investidos mais de R$ 288 mil em recursos.

Fonte: Secom

 

Notícias relacionadas