Notícias /

Hospital da Mulher e Universidade Federal da Bahia realizam ação educativa para pacientes

05/09/2019 11:55

O Hospital da Mulher Maria Luzia Costa dos Santos realizou, na última semana, uma manhã educativa sobre hipertensão. Em parceria com a Liga Acadêmica de Farmacologia e Farmacoterapia da Universidade Federal da Bahia (UFBA), a ação teve como objetivo levar informação de forma rápida e didática para as pacientes que aguardam atendimento ambulatorial.

Dona Celina Maria Costa, de 72 anos, já trata a hipertensão, mas ficou atenta às dicas. “É sempre bom saber mais sobre a doença e também é importante para quem ainda não sabe, poder aprender”, revelou.

As atividades são realizadas periodicamente. Conforme a expositora e estudante de farmácia Jackeline Marlei, a troca de experiências com as pacientes é tão enriquecedora quanto a apresentação do tema em si. “Você sente que está mudando a vida de alguém”, conta.

Para as próximas ações, estão programados temas como depressão, diabetes, câncer de mama e doenças sexualmente transmissíveis.

Hipertensão

O secretário Estadual da Saúde e também cardiologista Fábio Vilas-Boas recomenda  que “sendo a hipertensão  uma doença que não tem cura, nunca se deve interromper as orientações de alimentação, nem parar de usar os remédios, porque a pressão pode voltar a subir e com ela reaparecerão os riscos de derrame, infarto ou congestão”.

Caso os sintomas da hipertensão se apresentem, acrescenta o secretário, imediatamente se deve procurar um serviço de saúde.

Notícias relacionadas