Notícias /

Missa marca comemoração no 1° ano de inauguração do Hospital Alayde Costa

19/09/2019 15:22

Com uma missa celebrada pelo Padre Anastácio Gilberto de Jesus, profissionais e acompanhantes comemoraram o primeiro ano de funcionamento do Hospital Alayde Costa. A celebração eucarística ocorreu na capela da unidade, nesta quinta-feira, dia 19. O padre Gilberto trouxe para os fiéis uma palavra de fé, lembrando que o amor deve prevalecer e a união com os irmãos deve estar presente no nosso dia a dia.

“Que nossa fé seja fortalecida todos os dias, que mesmo nos momentos de aflição continuemos firmes na fé, confiando em nosso Pai”, parabéns a todos pelo primeiro ano desse hospital e que o compromisso, o amor, prevaleçam no dia a dia de cada um de vocês”, disse.

Maria Santana está acompanhando o marido, Jonas Santos que se recupera no HAC, e foi convidada para participar da missa. Ela parabenizou a iniciativa da equipe. “Que momento lindo, saio daqui renovada e com esperanças de logo estar em casa com meu marido. Parabenizo todos os profissionais nesse primeiro ano do Hospital Alayde Costa, e peço a Deus que continue abençoando cada um, porque esse hospital é muito importante para todos, principalmente para os pacientes que têm sua saúde restabelecida aqui”.

Implantado com a proposta de ampliar a oferta do Sistema Único de Saúde (SUS) na Bahia, o Hospital Alayde Costa, localizado no Alto da Terezinha, no Subúrbio Ferroviário de Salvador, completa um ano com a marca de mais de 26 mil procedimentos realizados, com destaque para a inovação no serviço de hemodiálise. De setembro 2018 a agosto 2019 foram realizadas 1.963 admissões de pacientes na unidade, 10.700,exames laboratoriais, 250 exames de raio X, 150 ECG, 90 ecocardiogramas, 110 exames de ultrassonografia, 23.914 sessões de diálise no Centro de Hemodiálise, entre outros.

De acordo com o secretário de Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, com o funcionamento do Alayde Costa “os pacientes renais crônicos de toda a Bahia, que antes com tinham necessidade de permanecer internados em unidades hospitalares estaduais, passaram a ser reintegrados ao convívio familiar”.

O Centro de Hemodiálise conta com 35 poltronas, com capacidade diária para atendimento de 105 pacientes em três turnos, bem como possui uma equipe multiprofissional com médicos nefrologistas, psicólogas, assistentes sociais, técnicos, enfermeiros, além de um laboratório de análises clínicas.

O Hospital Alayde Costa conta com 68 médicos e atender a pacientes com o perfil de ortopedia e clínica médica de longa permanência, a exemplo de indivíduos que sofreram Acidente Vascular Cerebral (AVC) e não possuem condições sociais ou físicas de serem acompanhados no programa de internação domiciliar. O equipamento também dispõe de um parque de imagem, com raio-x e eco-doppler. Um dos diferenciais no HAC é o projeto Sala de Espera, um programa de humanização direcionado para acompanhantes, familiares e demais usuários do SUS. Os usuários contam com um espaço essencial para a prática educativa de promoção da saúde, onde as principais dúvidas são tiradas, bem cuidados de assistência como: curativos, aferição de pressão arterial (PA), entre outros.